Fofuxo.com

Cachorros seriam influenciados por campo magnético da Terra

Esta seria uma das explicações para as diversas voltas que os cães costumam dar em torno de sí mesmos.

Um pesquisa um tanto quanto curiosa tenta explicar as voltas que os cães dão em torno do seu próprio cachorro relacionando os animais com o campo magnético da Terra.

O estudo foi conduzido por pesquisadores da Czech University of Life Sciences e da University of Duisburg-Essen, na Alemanha e poderia por fim a tese de que as voltas em torno do próprio corpo seriam uma herança genética dos seus ancestrais para evitar para se precaver de ataques de predadores.

Cachorros seriam influenciados por campo magnético da Terra

Cachorro-Bússola

Pode parecer estranho, mas o seu amigo canino pode estar, neste momento, tentando alinhar o seu corpo com o campo magnético do Planeta Terra, o mesmo que faz com que as bússolas funcionem e que as pessoas consigam se guiar através deste instrumento.

Alguns pesquisadores já citaram algumas informações relacionadas ao movimento do corpo de determinadas espécies em relação ao campo magnético da Terra, mas até o momento nenhum estudo sugeriu que este grande imã do Planeta conseguisse interferir também no comportamento dos cães.

A pesquisa feita pelos cientistas da Alemanha atestam que quando os cachorros giram em torno do seu próprio corpo antes de defecar, eles estão tentando alinhar o eixo do seu próprio corpo no sentido norte-sul.

Cachorros seriam influenciados por campo magnético da TerraPara conseguir comprovar que os movimentos estavam relacionados com este campo magnético, foram feitos alguns testes e medições bem específicas, com o desenho de um círculo ao redor do cachorro sempre que eles eram flagrados fazendo as suas necessidades. Estes desenhos eram feitos através da captura de imagens de cães das mais variadas raças sempre que conseguiam se posicionar antes de fazer as suas necessidades.

Apesar de apresentar dados bastante consistentes na sua pesquisa, ela acabou não repercutindo muito bem entre especialistas e veterinários, que acabaram não levando a discussão muito a sério. Esta seria a primeira vez que um estudo cientifico conseguiria comprovar que realmente o campo magnético poderia fazer efeito no cachorro e que estudar os seus movimentos poderia ser uma forma de conseguir identificar qualquer alteração no campo magnético terrestre.

Teoria antiga

Antes do surgimento desta teria relacionando os cães e o campo magnético da Terra, os movimentos que os cachorros fazem em torno do seu próprio corpo estavam relacionados a uma herança dos seus antecessores. Lobos e outros animais da mesma família dariam algumas voltas para tentar perceber algum movimento suspeito que poderia ser considerado perigoso.

Os movimentos circulares são percebidos especialmente antes dos cães dormirem, o que se explica já que este era o momento onde os lobos e outros mamíferos estariam mais vulneráveis. 

Postado em .


Pela Web

Comentários