Fofuxo.com

Cachorros podem identificar câncer em seres humanos

Universidade dos EUA faz estudo e descobre que os cães podem detectar alguns tipos de câncer

Cachorros podem identificar câncer em seres humanos

Um estudo feito com cães pela Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, descobriu que algumas raças são capazes de identificar tumores cancerígenos em seres humanos.

E com isso, uma verdadeira revolução na ciência pode estar tendo início, já que normalmente os métodos tradicionais utilizados para identificar câncer em seres humanos requerem a ida a um laboratório para exames, como a conhecida biopsia.

Portanto, vamos conhecer um pouco mais sobre essa importante e impressionante descoberta feita pelos cientistas dessa renomada universidade dos Estados Unidos.

Labrador Retriever sente cheiro de câncer de ovário

Labrador RetrieverSegundo os resultados obtidos pelas pesquisas feitas pelos cientistas da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, um cachorro da raça Labrador Retriever é capaz de apresentar um percentual de acerto de até 90% ao identificar o cheiro do câncer de ovário.

Os testes feitos com o cão de nome Tsunami, incluíram amostras de tecido, que eram farejadas pelo animal, que indicavam quais delas estavam infectadas e quais não estavam infectadas pela doença.

O resultado foi considerado impressionante, até porque essa doença ainda não possui testes definitivos que apresentem resultados realmente confiáveis para o seu diagnostico precoce, e como consequência disso, somente nos Estados Unidos, ela acaba por vitimar mais de 14 mil mulheres.

Cachorro também fareja câncer de próstata

Com 220 milhões de células olfativas presentes em seu focinho, o cão consegue apresentar uma capacidade de farejar praticamente qualquer coisa, inclusive câncer de ovário, assim como câncer de próstata.

Para que se possa ter uma ideia do tamanho disso, um ser humano normal consegue apresentar no máximo 50 milhões de células olfativas em seu nariz, o que mostra a grande diferença.

O estudo feito com Tsunami, que mostrou um percentual de acerto de 90% na identificação do câncer de ovário teve origem em um estudo que foi feito há algum tempo que mostrava que cães eram capazes de detectar o câncer de próstata farejando amostras de urina.

E no caso do câncer de próstata, o que mais impressionou foi a taxa de acerto, que ficou próxima dos 100%, sendo de 98%, o que é maior do que muitos exames sofisticados feitos atualmente.

Cães

Consequências dessa descoberta para a ciência

Esses estudos que mostram que os cães são capazes de identificar através do olfato doenças como câncer de ovário e câncer de próstata podem significar um avanço para o futuro da ciência.

CãesO que pode significar também que poderemos ver cães sendo utilizados em clinicas médicas para ajudar a fazer diagnósticos importantes de diversos tipos de câncer, não apenas desses dois tipos estudados.

Ou seja, essa capacidade dos cães que é realmente espetacular, pode representar um novo passo rumo ao futuro para a ciência, que passará a empregar cães na identificação de doenças importantes, ajudando a fazer diagnósticos precoces, que são tão importantes para aumentar as chances de sobrevivência dos pacientes.

Já há, inclusive, um pedido feito nos Estados Unidos, seguindo essa linha de estudos, para que cães possam farejar amostras que contenham o hálito de pacientes, para que seja possível identificar a presença de câncer de mama, o que seria mais uma vitória para a ciência.

Postado em .


Pela Web

Comentários