Fofuxo.com

Brasil já ocupa 4ª colocação em número de pets

De acordo com último levantamento, são mais de 160 milhões de bichos de estimação espalhados pelo território nacional.

Nos últimos anos os moradores das grandes cidades brasileiras conseguiram perceber claramente o grande boom do mercado de comercialização de produtos para pets. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação – Abinpet, estes dados realmente conferem. Nunca o mercado foi tão aquecido tanto em quantidade de estabelecimentos quanto em faturamento.

Brasil já ocupa 4ª colocação em número de pets

De acordo com um levantamento que foi feito pela própria Abinpet em parceria com outras instituições de levantamento de dados do Brasil, nosso país está ocupando hoje a 4ª colocação em número de pets. O número de animais de estimação que hoje possuem um lar no Brasil chegam aos impressionantes 106,2 milhões, recorde absoluto em toda história.

E claro que esta é uma das grandes explicações para o grande boom do mercado de produtos especializados. As pessoas estão cada vez mais identificando o nicho como uma oportunidade lucrativa. E isso fez com que o setor conseguisse alcançar uma receita recorde neste ano de 2013 que chegou aos R$ 15,4 bilhões, um crescimento de 8,1% em relação aos resultados do ano de 2012.

Mais pets

Em relação ao crescimento no número de lares com animais de estimação, o número deve continuar subindo nos próximos anos, o que só tende a elevar também o faturamento do setor. O crescimento de pets no Brasil está subindo cerca de 5% ao ano. Para se ter uma ideia da quantidade de pessoas com animais de estimação, hoje um em cada dois brasileiros já possui um pet.

Oportunidade de negócio

Brasil já ocupa 4ª colocação em número de pets

Muitas pessoas estão deixando de apostar em segmentos mais tradicionais da economia de olho na venda de itens para cães, gatos e companhia. O setor está apresentando crescimento superiores a outros setores da indústria, como elétricos e eletrônicos e automotivo.

Além do crescimento do número de animais, as últimas pesquisas também demonstram que os donos estão dispostos a gastarem cada vez mais com o seu cão ou com o seu gato de estimação. E com o aquecimento da economia de um modo geral, as pessoas estão deixando de economizar e comprando alguns itens um pouco mais caros para os animais.

Além do segmento de venda, outros setores de prestação de serviço voltados para animais também tendem a crescer nos próximos anos, como serviços de hospedagem, spa e passeios. 

Postado em .


Pela Web

Comentários