Fofuxo.com

Aparelho promete traduzir latidos e pensamentos dos cães

No More Woof utiliza sensores para monitorar ondas cerebrais dos cães.

O sonho de muitos donos é conseguir entender o que o animal está querendo dizer quando late, ou quando rosna, ou ainda quando fica apenas olhando a balançando o rabinho. É claro que durante as últimas décadas acabamos melhorando muito o processo de comunicação com os nossos animais de estimação, conseguindo entender com base no seu comportamento do dia a dia o que eles quere.

Aparelho promete traduzir latidos e pensamentos dos cães

Mas entender o que realmente eles estão dizendo conseguiria elevar o relacionamento entre humanos e cachorros para um outro patamar. E esta é justamente a proposta de um aparelho que foi desenvolvido durante os últimos anos através de recursos de financiamento coletivo. Ele foi batizado como No More Woof (sem mais latidos – em uma tradução livre para o português).

A ideia por trás do desenvolvimento do aparelho é bastante ambiciosa e promete traduzir o que o cachorro está querendo dizer quando está emitindo algum tipo de latido ou mesmo o que ele está pensando em determinada situações.

Para conseguir captar o que o animal está dizendo, o aparelho foi desenvolvido com uma série de sensores que foram configurados para conseguir monitorar as ondas cerebrais que são emitidas pelo cérebro do animal. Eles medem as variações que são observadas nestes níveis de ondas cerebrais do cérebro do animal.

Depois de captar estas ondas, elas são transmitidas para um banco de dados com informações coletadas durante anos de pesquisa sobre o assunto. Acontece uma comparação e também a comparação com as palavra sem uma determinada língua, no caso o inglês. A partir daí as frases são formuladas dando algum sentido e transmitida para o humano através de um alto falante.

Não tão revolucionário

Aparelho promete traduzir latidos e pensamentos dos cães

O projeto abre portas para realmente permitir a comunicação das pessoas com o animal de forma mais efetiva, mas nesta primeira versão do No More Woof, apenas dois ou três padrões simples de comportamento poderão ser reconhecidos: cansaço, fome e curiosidade. É claro que estes sinas já podem ser reconhecidos pelas pessoas de um modo geral, mas ouvir algo do tipo “estou com fome” do seu cão pode ser bem divertido.

Os desenvolvedores do aparelho já comunicaram que estão finalizando uma versão um pouco mais complexa e precisa para conseguir identificar mais sinais de comportamento dos animais. A versão mais simples deverá ser vendida por US$ 65,00 e a mais complexa deve custar US$ 300. 

Postado em .


Pela Web

Comentários