Por Rodrigo Bueno

publicado em Curiosidades

Os cães se tornaram grandes companheiros dos humanos. Mas estes pets, ao longo da história, também acabaram se tornando fundamentais na execução das mais variadas tarefas do dia a dia. Muitos deles acabaram tendo origem justamente nas atividades relacionadas ao campo, que ficaram conhecidos como os cães de pastoreio.

Confira algumas dicas de raças de cachorros para quem mora em sítio:

Border Collie

5 raças de cachorro para quem mora em sítio

Este pet é considerado como um dos cães mais inteligentes do mundo, e sua descendência está ligada as regiões montanhosas da Escócia e também da Inglaterra. Com isso, o cão se destacou especialmente pelos seus trabalhos com pastoreio. Hoje em dia ele ainda pode ser utilizado para controlar animais de grande porte que costumam ser encontrados em sítios e fazendas.

Pastor Australiano

5 raças de cachorro para quem mora em sítio

Este pet é inteligente e bastante companheiro. O cão conta com suas raízes australianas e ganhou padrões de raça nos Estados Unidos. Ele se tornou a representação do que é esperado de um “cachorro de fazendeiro”. Eles conseguem se adaptar bem tanto ao frio quanto ao calor, é um excelente cão de guarda e também uma boa companha.

Pastor Alemão

5 raças de cachorro para quem mora em sítio

Uma das raças mais populares do Brasil, conhecida e especialmente pela sua capacidade de guarda, o pastor alemão também acaba se tornando muito útil para ambientes como sítios e fazendas. Ele vai manter a segurança do local durante a noite, e durante o dia vai estar sempre atento ao que pode acontecer, mantendo uma proximidade com os humanos.

Labrador

5 raças de cachorro para quem mora em sítio

Este que é conhecido por ser um grande cão de companhia, quando criado em um sítio, também consegue aprender rapidamente uma série de atividades feitas neste ambiente. Ele também gosta muito de brincadeiras ao ar livre, o que deve fazer a alegria da criançada das fazendas.

Husky Siberiano

5 raças de cachorro para quem mora em sítio

Mesmo que seja um cão que possa ter dificuldades em lidar com as altas temperaturas brasileiras, ele conta ainda com muito do comportamento dos seus ancestrais selvagens e podem ajudar na proteção do sítio contra animais que possam tentar invadir.