Por Rodrigo Bueno

publicado em Curiosidades

Para quem está pensando em adotar um gato pela primeira vez, é muito importante entender que estes pets contam com algumas particularidades importantes que realmente devem ser levadas em consideração. Afinal de contas, na grande maioria dos casos a primeira experiencia com um animal de estimação é com um cachorro.

5 dicas para você se tornar um bom pai de gatos

Mas os felinos contam com uma série de particularidades e diferenças dos cães. Confira algumas dicas para se tornar um bom pai de gatos:

Esconda tudo que pode ser tóxico

Os gatos costumam comer tudo o que enxergam pela frente e, ao mesmo tempo, conta com um organismo sensível a uma série de coisas ingeridas. Com isso, é importante eliminar completamente da casa tudo o que pode ser considerado tóxico para o pet, como determinados tipos de plantas.

Proteja cabos de eletricidade

Os felinos podem facilmente se sentir atraídos pelos cabos de eletricidade que estão espalhados pela casa. Por isso, é muito importante que as pessoas mantenham todos estes elementos muito bem escondidos e longe do pet.

Compre todos os suprimentos necessários

5 dicas para você se tornar um bom pai de gatos

Existem alguns itens que são considerados muito importantes para o felino, como escovas para manter os pelos sempre bonitos e renovados, materiais que permitam dar banho neles em casa (uma vez que levar gatos para tomar banho em pet pode se tornar mais complicado do que fazer isso em casa), cortador de unhas próprio para gatos, a caixinha de areia e brinquedos especiais para os felinos.

Treine o seu gato

Esqueça a ideia de que gatos são animais teimosos e que não gostam de aprender nada. Na verdade, eles são muito inteligentes e podem aprender uma série de truques. Por isso, pode ser interessante ser paciente e ensinar algumas coisas, especialmente em relação ao comportamento.

Mantenha consultas rotineiras ao veterinário

Os gatos podem acabar tendo problemas de saúde que evoluem muito rapidamente. Por isso, é importante manter sempre uma rotina de consultas para verificar com a real condição do gato em relação a sua saúde.