Roncar é algo bastante comum não apenas entre os humanos, mas entre os animais de uma forma geral. Afinal de contas, o que acontece com o relaxamento das cordas vocais durante o sono é algo semelhante em praticamente todos os animais que possuem essas estruturas em seu corpo. Mas o ronco dos humanos acabou se tornando mais icônico justamente por ser o mais presenciado por nos mesmos.

4 raças de cães que costumam roncar

Mas o ronco dos cachorros também acabou se tornando mais próximo do dia a dia dos humanos, já que nos dias de hoje eles dormem cada vez mais próximo um do outro. Alguns cães costumam roncar mais do que os outros, o que pode até fazer com que eles assustem os humanos, que podem achar que existe algo de errado.

As características físicas dos animais acabam fazendo toda a diferença no quesito ronco. Os cachorros que possuem faces mais plantas acabam sendo mais propensas ao ronco, uma vez que as suas vias aéreas são mais curtas e acabam apresentando mais dificuldade em movimentar o ar para dentro e para fora.

Confira 4 raças de cachorros que costumam roncar:

Pug

Essa se tornou uma das raças prediletas no mundo todo, especialmente no Brasil. Essa raça também está propensa a ter alguns problemas de saúde, sendo que a maioria deles está relacionado a suas vias aéreas. Como possui um nariz muito curto, acaba tendo mais dificuldade de puxar o ar, o que faz com que ele ronque.

Buldogue Inglês

Outro cachorro que é muito propenso a fazer barulhos durante o sono. Mesmo não tendo a face tão achatada quando o Pug, suas vias aéreas são mais estreitas do que de outras raças, o que faz com que o seu ronco possa ser bastante elevado.

Chow Chow

4 raças de cães que costumam roncar

Essa raça costuma ter uma maior propensão para a obesidade, o que acaba sendo um dos fatores bem importantes para definir o fato do cachorro roncar ou não.

Boxer

Dentre as principais características do Boxer estão as narinas estenóticas, que são as narinas mais estreitas, bem como o palato mole alongado e a chamada hipoplasia, que é quando a traqueia é cercada por anéis de cartilagem. Todos estes fatores podem acabar fazendo com que o cachorro ronque mais.