Fofuxo.com

Terapia canina cresce no Brasil

Serviço promove uma melhora no relacionamento entre cão e dono.

Com a crescente oferta de produtos e serviços destinados aos pets no Brasil, também começam a se popularizar algumas especialidades que no exterior já existe há alguns anos. É o caso dos terapeutas canino, uma espécie de versão moderna do adestrador que não trabalha apenas com o animal, mas que consegue também realizar um trabalho integrado entre pet e dono.

Terapia canina cresce no Brasil

A técnica utilizada pelos terapeutas caninas é muito parecida com as técnicas utilizadas por profissionais que possuem programas de televisão onde o dono chama a pessoa para tentar reabilitar o seu cão de alguma forma. Não existe apenas um trabalho de ensino de comandos para os animais, mas também existe um trabalho para que o dono entenda que grande parte dos problemas que os cães podem apresentar, na verdade, são problemas dos donos refletidos.

Sem divã

Terapia canina cresce no BrasilO terapeuta canino ainda é visto com uma certa estranheza até mesmo pelas pessoas que trabalham com pets há alguns anos e que não investem em reciclagem. Muitas pessoas pensam que os cachorros serão colocados em um divã ao lado do dono enquanto o profissional discute a relação dos dois, como se estivesse em uma terapia de casal, mas não é nada disso.

A principal diferença entre o terapeuta canino e o adestrador convencional é que o primeiro vai trabalhar basicamente em cima de determinados problemas, no ambiente do animal, levando em consideração todo o contexto que o cerca. Diferentemente do adestrador, que condiciona comportamentos, o terapeuta canino vai tentar mudar primeiro a forma de pensar e agir do dono, para só então partir para o tratamento do animal.

Quando procurar um terapeuta canino?

Este tipo de profissional pode ser procurado há qualquer momento, tanto com o cão ainda filhote quanto com um cão mais idoso. Geralmente é mais interessante procurar este profissional quando os donos possuem uma ideia bem clara dos problemas que estão sendo enfrentados com o animal e do objetivo almejado.

Por exemplo, se a pessoa possuí um cão de meia idade que foi treinado para ser agressivo quando jovem mas que agora precisa ser mais sociável em virtude da presença de crianças em casa. Este tipo de problema pode ser resolvido com as técnicas dos terapeutas, que vão trabalhar junto com a família para criar um ambiente propício onde este animal possa se sentir mais seguro e consequentemente menos agressivo. 

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários