Muitas vezes fica difícil para todos compreender alguns comportamentos que podem ocorrer em nossos animais de estimação, o que para alguns humanos é até mesmo algo repulsivo. Em contrapartida, o mundo animal é perfeito e tudo tem uma explicação correta, até mesmo o fato de que nossos cães adorem se esfregar e se divertir com suas necessidades.

Saiba os motivos que levam o cachorro a rolar sobre as fezes

Entenda porque os cães possuem este tipo de comportamento

Para especialistas no assunto, são três os motivos principais os quais o cão decide se perfumar com seus próprios excrementos, os dois primeiros são relacionados aos antepassados dos animais de estimação, lobos selvagens e tudo tem a ver com traços genéticos que continuam existindo dentro dos cães, o instinto famoso de caça.

Além disto, apesar dos animais não precisarem caçar para se alimentar, ainda existe em seu DNA este instinto, é a mesma coisa que faz com que nossos cães adorem perseguir coisas em movimento, como por exemplo bolas, pássaros ou mesmo gatos. Como um bom caçador, o cão sabe que irá passar despercebido para a sua presa, ao ocultar o seu cheiro se sujando com suas próprias fezes, assim ficará melecado e com um cheiro diferente do seu, seria como um tipo de uniforme de camuflagem bastante especial.

Saiba os motivos que levam o cachorro a rolar sobre as fezes

Outro motivo comum para o cão ter este tipo de comportamento, tem a ver com um dos métodos de comunicação entre os lobos. Os lobos costumam se esfregar sobre algo para levar o cheiro consigo e assim mostrar para o restante da matilha tudo o que descobriram, seja em uma boa caça ou mesmo um sinal que poderá advertir um perigo. Este tipo de característica continua na genética dos cães, desta forma, cada vez que se impregnarem de cheiros fortes, se aproxima de nós para que possamos os cheirar como se fossemos parte de sua matilha.

Na dúvida busque por ajuda de especialistas no assunto

Caso você tenha algumas dúvidas, ou problemas com este tipo de situação, é interessante apontar que não existem problemas clínicos no cão com este tipo de tratamento, caso você perceba algum outro tipo de comportamento não muito comum e frequente, como por exemplo o cão ter dificuldade para engordar, mesmo comendo muito, entre outras coisas, é interessante levar o seu cãozinho ao veterinário. O veterinário irá visualizar a melhor condição ou mal estar que está ocorrendo e oferecer a melhor solução.