Os cachorros e os humanos possuem laços sentimentais bastante estreitos. Mas isso não significa que as pessoas possam fazer com que a amizade surja do nada. Especialmente quando as pessoas estão adotando um cachorro novo.

Saiba o que não fazer ao interagir com um cachorro pela primeira vez

Confira uma lista do que não fazer ao interagir com um cachorro pela primeira vez.

Não faça carinho do nada

Alguns cachorros não gostam de ser tocados em determinadas partes do seu corpo, pois consideram isso como uma ameaça. Este tipo de comportamento pode estar relacionado com algum tipo de trauma que o cachorro teve. Além disso, alguns podem acabar ficando agressivos justamente na tentativa de se defender de uma suposta ameaça.

Não aproxime outros cachorros

Em um primeiro momento, os contatos entre cachorros devem ser feitos com cuidado. Especialmente quando a pessoa está adotando um cão ou simplesmente passando por um cachorro desconhecido na rua. Não é recomendado, por exemplo, aproximar o seu cachorro de um cachorro desconhecido na rua.

Não incentive os seus filhos a tocar nos cães

Saiba o que não fazer ao interagir com um cachorro pela primeira vez

Neste primeiro contato, incentivar crianças a tocar nos cachorros pode ser ainda mais problemático. Existe uma grande quantidade de cães que apresentam um medo acima do normal de crianças. Esta aproximação é saudável, mas apenas com tempo e sempre com a supervisão de um adulto, para evitar que os cães entendam errado os movimentos imprevisíveis feitos por algumas crianças.

Não dê comida

Nunca alimente o cachorro de alguém antes de perguntar para o dono o que ele está acostumado a fazer. É muito comum que as pessoas queiram agradar um cachorro dando coisas que são consideradas “boas”. Mas isso pode acabar colocando todo um trabalho de educação alimentar fora.

Não imite cachorros para outros cachorros

Não é uma brincadeira. Existem muitas pessoas que adoram “implicar” com outros cães latindo e rosnando no mesmo tom. Este é o tipo de comportamento que pode fazer com que qualquer cão se sinta inseguro sobre o que está acontecendo naquele momento e parta para agressividade.