Por Rodrigo Bueno

publicado em Comportamento

O momento do passeio com os cães na rua costuma ser muito aguardado pela grande maioria dos pets, especialmente aqueles que ficam o dia todo presos dentro de casas pequenas ou de apartamentos. Além da hora de fazer suas necessidades, geralmente é o momento no qual os cães conseguem gastar a energia acumulada e interagir com outros pets ou outras pessoas. 

Saiba como deixar o passeio com seus cães mais seguro e saudável

Este é um momento que também pode ser aproveitado pelos donos para aumentar a sua conexão com o pet. Mas, sem os devidos cuidados, o momento do passeio pode acabar se transformando em uma hora problemática. Para evitar que isso aconteça, confira algumas dicas para deixar o passeio com seus cães mais seguro e saudável.

Mantenha uma rotina mais varie as rotas

Os cães costumam ter um relógio interno muito funcionais. Portanto, assim que as pessoas criarem uma rotina em relação ao horário para caminhada, ele vai acabar se acostumando. Por isso, é importante que essa rotina seja mantida. Por outro lado, é fundamental que os donos dos pets consigam variar um pouco a rota do passeio, até mesmo para que não se torne algo entediante.

Escolha os horários mais tranquilos

Saiba como deixar o passeio com seus cães mais seguro e saudável

A hora ideal do passeio é sempre aquela que o cão se sente mais confortável. Mas existem alguns momentos que são considerados como os mais interessantes para este tipo de atividade, como aqueles nos quais o movimento da rua está um pouco menor. E isso é importante especialmente para aqueles cães mais agitados.

Evite a comunicação desnecessária

O cachorro deve se sentir um pouco livre durante o passeio, por isso é importante ter uma guia um pouco mais longa. Mas é importante também manter sempre o controle, especialmente dos cães de porte maior. Também não é recomendado ficar falando com o cachorro o tempo todo, pois a rua já possui uma grande quantidade de estimulantes para o pet. Ficar escutando a voz do dono pode apenas confundir ainda mais o cachorro na rua.

Afaste-se de situações que podem causar problemas

Se o cachorro é daqueles mais agitados e que não costuma interagir muito bem com os outros cães, é importante que os tutores evitem este tipo de situação. Por isso, não evite em atravessar a rua ou se afastar sempre que chegar perto de um outro cão que possa causar uma situação de estresse.