A crise da meia idade geralmente é o nome que se dá a um conjunto de sintomas que acometem as pessoas que chegam a uma determinada idade e que costuma provocar tanto alterações físicas quanto emocionais. Nos humanos, isso geralmente acontece por volta dos 40 ou dos 50 anos de idade. Mas parece que os cachorros também passam por experiencia parecida.

Pesquisa indica que cães também passam por crise de meia idade

De acordo com os resultados divulgados de uma pesquisa feita na Universidade Eötvös Loránd, em Budapeste, na Hungria, os cachorros também passam por algo que pode ser chamado de crise de meia idade, e isso acontece quando ele chega aos seus três anos, em média. Basicamente neste período foram detectadas reduções na empolgação e na alegria frente as novas situações que se apresentam.

Os pesquisadores fizeram diversos testes com cachorros da raça Border Collies  que tinham idade entre seis meses e 15 anos. "Acompanhar os mesmos cães ao longo de quatro anos nos permitiu abordar não apenas a questão da estabilidade da personalidade, mas também se há diferenças individuais no desenvolvimento da personalidade, isto é, se cães com certos perfis de personalidade mudam mais do que outros", afirmou o co-autor do estudo, Dr. Friederike Range.

Pesquisa indica que cães também passam por crise de meia idade

Ao longo da pesquisa foi possível identificar uma série de mudanças na personalidade dos cães ao longo da vida, e que isso acontece de uma forma mais complexa do que se podia imaginar anteriormente. Eles vão buscando cada vez menos novidades, enquanto que sua capacidade de resolver problemas aumentam nos primeiros anos e depois se estabilizam.

Os cientistas também conseguiram identificar algumas outras características que não mudam com o passar dos anos, como a sociabilidade e também a velocidade do metabolismo. Filhotes tímidos não se transformarão em adultos extrovertidos, cães ativos sempre serão enérgicos e cães preguiçosos sempre serão letárgicos.