Quando começam a estourar os fogos de artifício característicos de determinadas épocas do ano, e que este ano podem ser bem mais intensos por causa da Copa do Mundo aqui no Brasil, muitas pessoas acabam se preocupando muito com os cães. Eles acabam demonstrando o seu medo de uma forma que visa chamar a atenção dos seus donos.

Gatos também se assustam com barulhos altos

Mas não apenas estes pets que acabam tendo medo destes barulhos altos. Muitos gatos também costumam ficar assustados quando começam a estourar fogos ou então quando os barulhos altos são obras da natureza, como os trovões. A principal diferença é que os gatos costumam se esconder, enquanto que os cães acabam procurando a proteção dos seus donos.

Por isso, é extremamente importante que os donos estejam atentos aos barulhos em locais próximos da sua residência, tanto para os que possuem cães quanto os que possuem gatos.

Medo do desconhecido

Basicamente o medo que os felinos sentem destes barulhos altos acontecem pelo mesmo motivo do medo despertado nos cães. Os felinos costumam ser mais sensíveis a barulhos do que outros animais, inclusive humanos. Os estouros que acabam muitas vezes acontecendo a quilômetros de distância do animal parece que estão acontecendo ao lado deles.

Mas o principal problema que os donos dos gatos devem ficar atentos é a reação que o gato vai ter quando escutar este tipo de barulho. Os gatos costumam sair correndo para fugir, e nesta disparada podem não apenas se machucar, mas também machucar quem estiver pela frente.

Já que os gatos costumam ter mais facilidade para sair para a rua ou então para subir em cima de locais mais altos, estes felinos também podem ir parar em um local que ele não vai conseguir descer depois, ou então ir para a rua, onde os barulhos podem estar mais intensos, e ficar completamente desorientado.

Dicas para ajudar o seu felino

Gatos também se assustam com barulhos altos

Tente manter os gatos dentro de ambientes onde o barulho seja menor e onde ele possa escutar sons com os quais já estejam mais acostumados, como o som da televisão por exemplo. Além disso, evite colocar o felino em qualquer local onde existam objetos cortantes que possam machucar o seu pet.

Não fique preocupado caso o felino se esconda em locais como debaixo do sofá ou no meio de almofadas. São locais onde ele realmente consegue abafar um pouco o som antes dele chegar aos seus ouvidos, além de não oferecer qualquer tipo de risco.

Caso o gato tenda a ir para um local que não seja seguro para ele, os donos podem incentivar a mudança deste local, colocando petiscos por exemplo na parte de baixo do sofá.