Fofuxo.com

Gato e bebê: podem dormir na mesma cama?

Saiba o que especialistas pensam a respeito do assunto.

Não são raras as fotos que os pais costumam postar nas redes sociais com seus bebes ao lado dos animais de estimação. Existem também aqueles que acabam sendo mais permissivos, não deixando os pets apenas na cama ao lado dos bebes para o momento da fotografia. Eles acabam dormindo por lá também.

Gato e bebê: podem dormir na mesma cama?

Mas sempre surge a dúvida: será que um animal de estimação, como um gato, pode acabar dormindo na mesma cama que um bebê?

De acordo com especialistas, isso vai depender de diversos fatores, que incluem a idade da criança, bem como os cuidados que as pessoas acabam tendo com os animais de estimação que estão no centro da questão. A maioria dos especialistas confirmam que, até os primeiros 5 meses, o bebê ainda não tem o sistema imunológico bem formado.

Portanto, neste período, bactérias dos pets podem acabar entrando no organismo das crianças, e podem acabar causando um estrago. Depois dessa idade, o pequeno pode conviver com o cachorro ou o gato da família normalmente pela casa. Há estudos que mostram, inclusive, que aquelas que convivem com animais de estimação têm chances reduzidas de desenvolver alergias.

Gato e bebê: podem dormir na mesma cama?

É claro que, para isso acontecer de uma forma mais segura, é fundamental que todos os animais de estimação da casa estejam com todas as vacinas em dia. Além disso, é recomendado, no caso dos gatos, que eles fiquem dentro de casa para dormir com as crianças.

Mesmo que sejam animais dóceis e que não representem qualquer risco para as crianças, a grande maioria dos especialistas concordam que não é recomendado deixar um gato dormir ao lado de um bebê a noite toda sem qualquer tipo de supervisão. Isso porque os animais não deixam de ser irracionais, e podem acabar fazendo alguma coisa contra a criança.

Isso pode acontecer até mesmo com movimentos aparentemente inofensivos dos gatos. Como, por exemplo, quando eles resolvem deitar muito próximo a boca ou ao nariz dos pequenos, podendo causar algum tipo de sufocamento.

Postado em .


Pela Web

Comentários