Os gatos possuem uma personalidade bem diferente dos cães. E isso faz com que os felinos acabam sendo escolhidos por pessoas que gostem de determinadas características, como independência. Mas quando os gatos demonstram problemas de comportamento, especialmente ansiedade e agressividade, muitos donos não sabem o que fazer para resolver e nem as causas.

Gato ansioso e agressivo pode ser culta do tutor

De acordo com um estudo feito recentemente pela Universidade de Lincolm, o principal culpado deste tipo de comportamento pode ser o próprio tutor do gato. Na verdade, a pesquisa mostra que os felinos tendem a refletir determinados aspectos da personalidade dos seus donos com mais facilidade.

De acordo com as informações que foram divulgadas, a pesquisa estudou uma amostra formada por 3 mil tutores de gatos. O objetivo era investigar a personalidade dos donos e o comportamento dos felinos. Os resultados que foram divulgados em uma importante publicação cientificam mostram que existe uma relação direta entre a personalidade do dono e possíveis problemas de comportamento dos felinos.

https://images.wemystic.com.br/articles/850_400_a-espiritualidade-dos-gatos-identifique-o-que-o-seu-gato-quer-dizer_1494930288.jpg

Como parte do estudo, os pesquisadores fizeram perguntas sobre o caráter dos proprietários, bem como sobre o comportamento, a saúde e o estilo de vida de seus gatos. Os resultados indicaram possíveis paralelos com pesquisas anteriores realizadas precisamente sobre relacionamentos pais e filhos.

Estudos anteriores descobriram que graus de nervosismo mais altos dos pais, geralmente estiveram associados a resultados de bem-estar menos positivos para as crianças, enquanto a afabilidade, a consciência e a mente aberta estão associadas a estilos parentais mais positivos e a um maior bem-estar dos pequeninos.

Dentre os resultados observados, quanto maior o nível de neurose dos proprietários, menor o bem-estar dos gatos. Aqueles donos que apresentavam pontuações mais altas em questões como nervosismo, estresse, ansiedade e irritabilidade, maior era a propensão do gato ser agressivo, ansioso ou muito medroso.