De acordo com estudos realizados recentemente, foi apontado que os cães são terríveis em tarefas que exigem cooperação com outros membros da espécie. Este mesmo tipo de comportamento não é algo perceptível nos lobos, levando assim a conclusão de que a convivência milenar leva esses animais a contarem com um relacionamento muito melhor com os humanos do que com outros tipos de cães.

Estudo indica que cães interagem melhor com humanos do que com outros cães

Conforme os estudos, foi possível constatar que a ideia é que os antigos lobos começaram a interagir com pessoas para poderem obter comida e outros tipos de benefícios, e por isso começaram a agir de forma mais dócil no dia a dia. Assim as espécies evoluíram juntas e hoje a interação cachorro humano é mais eficiente do que a interação cachorro, cachorro.

Como foi realizado o experimento

O experimento realizado é o seguinte, ao trabalhar juntos, os cães precisam puxar dois pedaços de corda para trazer um pedaço de comida ao seu alcance, o que não dá muito certo. Para o caso dos lobos, em contrapartida, estes foram muito mais bem sucedidos, superando assim seus parentes domésticos.

Apenas um dos cães analisados conseguiu puxar a bandeja em uma tentativa das várias feitas. Já os lobos, entre cinco de sete pares de lobos conseguiram, e mesmo depois que a equipe treina os animais, o resultado ainda é ruim.

Resultados da pesquisa

Estudo indica que cães interagem melhor com humanos do que com outros cães

Este processo acaba por fazer com que os bichinhos se desenvolvam mais conforme a humanidade do que com a sua própria espécie, e diferentemente dos lobos. Se acredita ainda que os antepassados dos nossos pets, precisavam estar unidos para conseguirem caçar e também sobreviver.

Os cães poderão ser treinados, em contrapartida, quando são criados juntos, poderá haver até mesmo um estranhamento inicial, mas logo eles começam a trabalhar de forma cooperativa.