É relativamente comum um comportamento dos cachorros, especialmente aqueles que moram em casas e que ficam nos pátios: o excesso de latidos durante o período noturno. Isso acontece pelos mais variados motivos, mas um dos principais é a quantidade de movimento que os cachorros enxergam na rua.

Dicas para reduzir latidos noturnos

Existem também algumas outras causas. Em alguns casos os cachorros querem alertar os donos sobre alguma coisa que possa estar acontecendo ou que vá acontecer no pátio de casa. O problema é quando este tipo de comportamento acaba se repetindo muitas vezes e deixa os donos com problemas para dormir durante a noite.

Confira algumas dicas para resolver este problema:

Reduza o campo de visão

Uma das dicas mais interessantes para evitar que o cachorro comece a latir muito durante a noite é reduzir o campo de visão deles. Dessa forma, a chance deles ficarem vendo coisas que despertam essa vontade de latir é menor. Fazer com que ele tenha uma visão menor do portão, por exemplo, pode reduzir a quantidade de vezes que ele vai latir quando passar algo pela rua, por exemplo.

Faça atividades físicas durante o dia

Dicas para reduzir latidos noturnos

Uma outra dica interessante é fazer mais atividades físicas com o seu cachorro durante o dia. Muitos dormem muito durante o dia e ficam sem sono durante a noite, fazendo com que eles fiquem mais atentos a tudo o que acontece ao seu redor. Com o gasto de energia, este problema pode acabar sendo solucionado.

Alimentação completa e balanceada

Muitas pessoas podem não encontrar uma relação direta, mas uma alimentação completa para os pets também pode acabar se tornando a chave para a resolução dos problemas dos latidos noturnos. Uma dieta ruim pode gerar muitas doenças e prejudicar o comportamento do seu melhor amigo. A melhor prevenção é oferecer uma dieta balanceada que atenda às suas necessidades nutricionais, de acordo com tamanho, idade, estado de saúde, etc