Na maioria das vezes, o cão se sente no carro como em casa. E para o animal o motor que ronrona é um sinônimo de perspectiva de passeio, ou até mesmo atividades em companhia do dono.

Dicas para levar cachorros agitados no carro

Ao se escolher um cão de raça grande, você terá de estudar em um prazo mais ou menos longo, a mudança de carro. Se você leva o cão apenas para o veterinário ou ainda em uma longa viagem, o cão deverá ter o seu lugar no carro e não pode ficar entre as malas. O cãozinho deverá dormir e se mover á vontade.

Em qualquer veículo o lugar do cão é na traseira. E alguns cães de tamanho pequeno se colocam de forma voluntária na traseira que acabam reconhecendo como sua, o que facilita muito as coisas quando o espaço está cheio.

Porque o cão não pode ficar solto no carro?

Independente dos cães serem grandes ou pequenos, eles devem ficar contidos dentro do carro para evitar alguns problemas, como por exemplo:

  • Pular sobre quem está dirigindo e causar um acidente.
  • Fazer algo impróprio no carro, tirando assim a atenção do motorista.
  • Ser projetado para a frente e ser jogado para fora do carro, podendo ocasionar a sua morte.

Pelas leis brasileiras os cães não podem ir soltos dentro do carro, mesmo agitados devem estar dentro de uma caixa de transporte em uma cadeirinha própria para cães, ou utilizar um cinto de segurança para cães.

Dicas para levar cachorros agitados no carro

Preparar o cão antes da viagem, com passeios, e por orientação médica se for o caso, remédios são necessários, vale a pena também fazer as devidas paradas conforme as suas necessidades, além de levar água e comida.

Passear com o cão antes da viagem também pode ajudar, dando voltinhas de carro, ele irá ficar calmo e cansado, automaticamente menos estressado para longas viagens.