Fofuxo.com

Dicas para deixar a saída com o seu gato mais tranquila

Seu bichinho deve se acostumar a caixa de transporte e as idas ao veterinário, saiba como ensinar isto a ele.

O ato de levar seu gato a veterinário ou para qualquer outro tipo de compromisso fora de casa é um grande estresse para a maioria dos tutores, poucos peludos se sentem confortáveis fora de seu próprio território, principalmente em frente de outros humanos ou outros cheiros. É possível por sua vez, tentar tornar as saídas menos difíceis.

Dicas para deixar a saída com o seu gato mais tranquila

É importante ter cuidado com o seu gato desde a primeira saída, já que a primeira saída de casa poderá ser algo traumático a um ponto de interferir em todas as outras saídas, dificultando inclusive o trabalho do veterinário, alterando resultados de exames e abaixando sua imunidade devido ao estresse. Confira algumas dicas abaixo de veterinários que podem fazer toda a diferença neste sentido.

Comece escolhendo a caixa

Comece buscando no mercado a melhor caixa de transporte. O interessante é investir em uma caixa que irá durar muitos anos, desta forma ambos estarão bastante acostumados com ela. As caixas que abrem nas laterais, e que as portas saem por completo são as melhores alternativas para gatos.

A Caixa Amiga

Dicas para deixar a saída com o seu gato mais tranquila

Ao invés de deixar a caixa em um armário e apenas recorrer a ela na hora de sair, procure fazer com que se torne um lugar interessante, e de refúgio para o gatinho. Desta forma você deverá manter a caixa em um mesmo local, isto de fácil acesso, com uma manta gostosa, bons brinquedos e até mesmo uma peça de roupa que seja utilizada pelo tutor. Ao se aproximar, ou entrar, procure sempre que possível dar um petisco ou fazer carinho em seus pets. Pouco a pouco esta situação repetida irá fazer com que ela seja associada as coisas boas. A caixa irá se tornar atraente para as boas sonecas do gatinho.

Na clínica veterinária tenha o gato anti-social

Sem dúvida alguma, para os felinos principalmente, esta não é a melhor hora de começar e compartilhar amigos, nem felinos e nem humanos. Na clínica veterinária, procure evitar que o gato faça contato visual com outros animais. Se a sala de espera tiver muita gente, ou muitos cães, a situação tende a ser muito estressante, por isso a menor visualização que o gato tiver melhor.

Além disto, não deixe de recompensar seu bichinho por um bom comportamento, com petiscos e carinhos. Desta forma, a saída dele deverá ser associada sempre a uma situação positiva.

Postado em .


Pela Web

Comentários