Fofuxo.com

Dicas para uma convivência tranquila entre cães e bebês

Alguns cuidados são necessários para manter a criança segura.

Hoje em dia muitos casais acabam morando juntos antes de ter o seu primeiro filho, o que não acontecia até algumas décadas atrás. Isso faz com que quando as crianças chegam na vida do casal eles já tenham uma vida juntos, e a presença de um animal de estimação é cada vez mais comum na vida destes casais.

Dicas para uma convivência tranquila entre cães e bebês

Por isso, muitas vezes quando o primeiro filho do casal está prestes a chegar já existe um animal de estimação na família, que geralmente é um cão. A partir deste momento o animal que antes era motivo somente de alegrias agora também passa a ser um motivo para preocupação, já que muitas mães não sabem como lidar com este relacionamento entre o cachorro e o bebê.

O primeiro e mais recorrente motivo para preocupação está em relação a sujeira e as bactérias que os animais podem levar para próximo do bebê. Como a criança ainda está desenvolvendo seu organismo, acaba se tornando extremamente frágil para determinados problemas de saúde que podem ser agravados pelos animais.

Além disso, ainda existe a questão da segurança da criança. Mesmo que seja um cachorro que nunca tenha apresentado sinais de agressividade, a presença de uma criança que acaba chamando mais a atenção do que ele pode mudar o comportamento do animal.

Adaptando o animal

O primeiro passo para o casal é começar a realizar um trabalho de adaptação e preparação do animal para a chegada da criança. É importante que isso seja feito enquanto durar a gestação, e não apenas quando o bebê nascer.

Comece a restringir o acesso do animal a determinados locais, mas sempre aos poucos. Também é importante que as pessoas deixem de ficar muito com o animal no colo, por exemplo, já que a criança vai ocupar este lugar posteriormente.

Cuidados redobrados com a higiene

Geralmente as pessoas que possuem cães dentro de casa já cuidam do aspecto da higiene do seu pet, mas com a chegada do bebê estes cuidados devem ser redobrados. O banho deve ser dado de 15 em 15 dias, ou sempre que ele estiver muito sujo. Além disso, depois do passeio é importante limpar as patas dos cachorros. A utilização de produtos para evitar a presença de parasitas, como pulgas e carrapatos, também é importante.

Aproximação com o bebê

Quando a criança chegar, a partir dos seus 4 ou 5 meses, já é possível começar a criar uma aproximação do animal com o bebê para que ele vá se acostumando com a criança, mas sempre com a presença de adultos.  

Postado em .


Pela Web

Comentários