Cães e gatos vivendo dentro de uma mesma casa podem acabar trazendo alguns desafios para os donos. Afinal de contas, ambos os animais, mesmo que estejam completamente domesticados, apresentam diferenças significativas de comportamento. Um exemplo é a hora de fazer xixi e coco, com os gatos geralmente utilizando uma caixinha de areia.

Dicas para fazer o cachorro não mexer na areia do gato

Mas existem muitos casos de cachorros que acabam mexendo o tempo todo na caixinha de areia do gato. Além disso, existem também cães que acabam comendo as fezes dos felinos. Este tipo de comportamento pode trazer diversos problemas, tanto para o cão, que pode acabar se contaminando com alguma doença, e também para o gato, que pode simplesmente deixar de utilizar a caixinha.

Os cães costumam ter este comportamento pois as fezes dos felinos costumam ser saborosas para os cachorros. Isso acontece especialmente em virtude das diferenças significativas que existem entre as rações de cães e gatos. Os alimentos oferecidos aos felinos costumam ter sabores mais acentuados.

Mas existem algumas coisas que podem ser feitas para evitar este tipo de problema:

Dicas para fazer o cachorro não mexer na areia do gato

- Deixe a caixinha de areia em locais mais altos. Uma das características dos felinos é que eles conseguem subir e escalar coisas com muita facilidade. Por isso, deixar a caixinha em um local de difícil acesso ao cão pode ser uma solução interessante para o problema;

- Existem algumas mesas de cantos que são adaptadas e que também podem ser interessantes para as caixinhas de areia, pois os cães não conseguem passar geralmente pela abertura deste tipo de móvel;

- Crie um túnel de acesso para o local onde fica a caixinha de areia, algo que pode ser feito se ela estiver localizada em uma área entre dois cômodos. Assim, o gato ganha uma espécie de banheiro, sendo que apenas ele terá acesso. Mas não esqueça de garantir acesso humano também para fazer as trocas e higienizações necessárias.