Por Rodrigo Bueno

publicado em Comportamento

Uma preocupação que muitos donos de cachorros acabam tendo é com a possibilidade deles estarem dormindo demais. E, realmente, muitas vezes acaba parecendo que o cão dorme muito mais do que seria realmente necessário. O problema é que as comparações que muitos humanos costumam fazer em relação aos seus padrões de saúde chegam com dados incorretos.

Descubra se o seu cachorro está dormindo demais

Existem diversos fatores que acabam sendo importantes para avaliar a quantidade de horas que um determinado cachorro está dormindo, e um deles é o fato de que os padrões de sono não são iguais aos dos humanos. E isso se dá não apenas em relação a quantidade de horas dormidas, como também em relação ao tempo.

Mas, como os cães acabaram se tornando muito próximos dos humanos, alguns dos seus padrões acabaram se ajustando com o dos seus tutores. Por isso, muitos cães acabaram se acostumando a dormir durante todo o período noturno. Mas não se trata de algo natural em seu DNA, por exemplo.

Quando os cachorros são filhotes, eles ainda acabam gastando uma grande quantidade de energia durante todo o seu processo de crescimento. Diante disso, é natural que eles realmente acabem dormindo boa parte do seu dia. Em média, nos seus primeiros meses um cachorro dorme cerca de 14 horas por dia.

Descubra se o seu cachorro está dormindo demais

Com o tempo essa fase vai se ajustando. Em média, um cachorro costuma dormir algo entre 8 e 12 horas. Ou seja, qualquer coisa neste intervalo sempre vai ser considerado como normal para a saúde dos nossos amigos de quatro patas.

Um dos motivos que podem causar a impressão de que os cães estão dormindo demais é o fato deles nem sempre dormirem a noite toda. É muito normal que um cachorro acorde diversas vezes durante a madrugada, o que acaba nem sempre sendo percebido pelos seus humanos. E isso faz com que ele acabe compensando ao longo do dia.

O ideal sempre é observar o padrão de sono do seu cãozinho. E, caso exista uma mudança muito brusca, pode ser interessante avaliar com um veterinário.