Ter um animal de estimação é ótimo, especialmente os gatos que são muito companheiros na grande maioria dos casos. Mas um problema recorrente enfrentado pelos donos dos pets é quando eles querem se afastar por um determinado tempo da sua casa. Seja uma viagem de lazer ou negócios, infelizmente não dá para levar o felino sempre.

Como deixar o seu gato com um estranho

Hoje em dia é possível encontrar, com uma relativa facilidade, locais de hospedagem de animais domésticos onde é possível deixar o gato por alguns dias. O problema é que nem sempre as pessoas possuem dinheiro ou confiança para deixar o seu pet nestes locais. Nestes casos pode surgir como alternativa deixar o felino com um parente ou conhecido de confiança.

O problema, neste caso, é o gato em sí. Todos sabem que os felinos são muito apegados não apenas a sua casa, mas aos seus donos. Por conta disso, deixar eles com outra pessoa pode ser um problema. Confira algumas dicas que devem ser observadas antes de deixar o seu felino com outra pessoa.

Conheça o seu felino e repasse as informações

O primeiro e fundamental passo que deve ser dado pelas pessoas que estão deixando o seu felino com uma outra pessoa é conhecer o seu gato a ponto de conseguir descrever os seus hábitos e comportamentos. E estas informações devem ser repassadas para a pessoa que vai cuidar dos felinos.

Uma boa dica é escrever um relatório com as informações e hábitos do seu gato, que podem ser registradas em uma espécie de diário da semana anterior a viagem. Assim a pessoa que via cuidar do felino vai conseguir saber mais ou menos o que esperar dos próximos dias.

Como deixar o seu gato com um estranho

Dentre os pontos mais importantes deste relatório estão os seguintes: O que o gato come e o que ele não come, com que frequência costuma fazer suas necessidades, se ele costuma sair ou não de casa, o que costuma assustar ele e o que deixa ele feliz.

Leve o ambiente do gato para este novo local

É importante tentar levar um pouco da casa onde o gato vive para este ambiente de passagem. Leve os brinquedos dele, a caixinha de areia, os potinhos e os brinquedos. Mesmo que a pessoa que vai cuidar do gato tenha seus itens, é importante levar os que eles consigam identificar com deles.

Faça o gato conhecer a pessoa

Se possível, fazer com que a pessoa que vai cuidar do gato faça parte da rotina do felino nos dias que antecedem a viagem. Desta forma o dono via saber mais ou menos como será a recepção do felino em relação a pessoa.