O conceito de felicidade é algo compreendido apenas pelos humanos. Mas ele também se manifesta nos animais, especialmente aqueles que fazem parte do dia a dia das pessoas. Para os cães, felicidade nada mais é do que estar convivendo em um ambiente seguro, tranquilo, onde ele possa viver bem, sem se preocupar com questões básicas como comida, água, segurança, etc.

Conheça alguns comportamentos que indicam que o seu cachorro está feliz

Confira alguns indícios de que o seu cachorro está feliz:

Latidos

Muitas pessoas podem acabar se incomodando, e em determinados lugares isso pode até mesmo causar alguns problemas para os donos. Mas o fato é que os cachorros precisam ter liberdade para latir, e caso eles façam isso com frequência, é sinal de que estão conseguindo se comunicar com o mundo ao seu redor.

Cavar

Outro comportamento que nem sempre é visto com bons olhos pelos donos, o ato de cavar buracos no chão, especialmente na terra, é um claro sinal de que o pet realmente está feliz. Este é um comportamento que faz parte do DNA do cachorro, herdada dos ancestrais da espécie, os lobos. Eles não cavam apenas para esconder coisas, eles cavam também para passar o tempo, cheirar a terra úmida, extrair minerais, etc.

Abanar o rabo

Conheça alguns comportamentos que indicam que o seu cachorro está feliz

Este é um dos comportamentos mais conhecidos pelos humanos e devidamente reconhecidos como um ato de felicidade. Existem determinados casos que o balançar do rabo pode indicar um comportamento diferente, como estado de alerta, mas na grande maioria dos casos significa que ele está bastante contente com a vida dele naquele momento.

Oferecer a barriga

Esse é um outro tipo de comportamento que demonstra não apenas que o cachorro está feliz, mas que ele também está bem de saúde. Somente aqueles cães que estão com nenhum tipo de dor ou desconforto oferecem a barriga para que a pessoa possa fazer carinho. Além disso, isso também demostra que o cachorro sente plena confiança na pessoa, pois fica em uma posição completamente vulnerável se estivesse na rua, por exemplo.