Os gatos são animais de estimação cheios de personalidade. Mas muitas pessoas ainda enxergam eles como complicados e mau humorados. Mas o que muitas pessoas não percebem é que alguns destes comportamentos considerados inadequados por parte dos pets são causados justamente pelos humanos, que simplesmente não entendem alguns limites que os gatos tentam impor no convívio.

Confira algumas coisas que os gatos odeiam nos humanos

Confira algumas coisas que os gatos odeiam nos humanos:

Mudanças repentinas

Os gatos costumam ser menos flexíveis quando o assunto é mudança, especialmente quando envolve alterações no ambiente onde o gato se acostuma. Os felinos precisam de paciência e pequenos exercícios ao longo dos seus primeiros anos de vida para que não sofram com este tipo de evento. Por exemplo, levar um gato ao veterinário pode ser um grande desafio. Por isso, é importante acostumar ele levando ele para pequenos passeios, por exemplo.

Interações sociais forçadas

Confira algumas coisas que os gatos odeiam nos humanos

Outra coisa que os gatos realmente não gostam é quando os humanos forçam uma determinada interação social com as pessoas. Por isso, nada de obrigá-los a ficar no colo de uma visita, por exemplo. É importante deixar ele bem a vontade, inclusive para decidir quando vão chegar mais perto das outras pessoas.

Punições

É claro que nenhum ser vivo gosta de ser punido, mas com os gatos a relação acontece de uma forma um pouco diferente. As punições costumam ser utilizadas de uma forma muito frequente com os cães, que podem não gostar, mas geralmente superam, aprendem e convivem com os humanos normalmente. Mas as punições costumam não ser bem vistas pelos gatos, especialmente por coisas que estão no instinto dele. Por isso, é fundamental que os gatos sejam ensinados com gestos e comandos, sem punições mais severas.

Sons muito altos

Existem gatos que geralmente se acostumam com barulhos, especialmente quando isso acontece quando os felinos ainda são filhotes. Mas, de uma forma geral, os gatos não costumam lidar muito bem com barulhos altos. Por conta disso, é importante evitar ambientes com poluição sonora, pois isso pode deixar os felinos muito estressados.