Uma das características mais marcantes do corpo dos cachorros é o seu rabo. Não apenas pelos diferentes formatos, mas também pelos diversos movimentos que ele faz no dia a dia. Mas será que nós realmente conhecemos os rabos dos nossos amigos?

Confira algumas curiosidades sobre os rabos dos cachorros

Confira algumas curiosidades:

Ferramenta de comunicação

O rabo do cachorro é utilizado como uma poderosa ferramenta de comunicação, tanto entre eles mesmos quanto também com os humanos. Quando o rabo está abanando, por exemplo, a maioria das pessoas interpreta aquilo como um sinal de felicidade. Mas ele também pode indicar alguns outros sentimentos que os cães estão sentindo naquele momento, como timidez, submissão ou até mesmo agressão.

Extensão da coluna

Os rabos dos cães, na verdade, podem ser considerados como extensões da coluna do corpo do animal. A composição dos rabos é de vértebras, muito parecidas como a espinha dorsal dos animais. No rabo é possível encontrar entre 5 e 20 vértebras, dependendo do tamanho e da raça do animal. Por isso, lesões nos rabos devem ser consideradas como sérias e sempre devem ser avaliadas por um veterinário, especialmente quando acontecem nas regiões mais próximas do quadril.

Diversas formas

Confira algumas curiosidades sobre os rabos dos cachorros

Os rabos dos cães não variam apenas de acordo com a quantidade de pelos. A forma também muda de raça para raça. Eles podem ser longos, curtos, cortados, etc. Cães de raça pura foram criados para ter formas particulares para aparência e praticidade. Por exemplo, os labradores têm rabos de “lontra” que são grossas em direção à base e se afunilam até a ponta, cobertas por pelos curtos e grossos.

Rabo balançando

Alguns cães costumam balançar o rabo para demonstrar um estado de atenção ou alerta para o que está acontecendo naquele momento. E, em algumas raças, este movimento pode vir antes de um ataque. Por isso, nem sempre o rabo abanando reflete um puro estado de felicidade.

Ajuda na locomoção

O rabo do cachorro ajuda ele a se locomover. Ele funciona basicamente como um contrapeso para ajudar no equilibro e tornar suas voltas mais rápidas em uma corrida, por exemplo.