Um cachorro um tanto quanto estranho está sendo utilizado no combate ao coronavírus em Singapura. Na verdade, não se trata de um cachorro de carne e osso, mas sim de um robô que parece muito com um cachorro que foi colocado para circular pelas ruas.

Cachorro robô ajuda no combate ao coronavírus

Spot, como foi chamado o robô, foi criado por uma empresa americana chamada Boston Dynamics e está sendo utilizado como uma espécie de patrulha em algumas regiões, como o parque Bishan-Ang Mo Kio.

O simpático robô fica andando de um lado para o outro, reproduzindo uma gravação feita especialmente para alertar as pessoas do que está acontecendo e dos perigos que ainda podem ser encontrados no mundo, em função do coronavírus. A gravação lembra especialmente para que as pessoas mantenham a distância recomendada, de pelo menos um metro, umas das outras.

Cachorro robô ajuda no combate ao coronavírus

De acordo com as informações que foram publicadas pelo jornal chinês South China Morning Post, o robô também conta com câmeras e sensores, que funcionam em 360º, para fazer uma estimativa de quantas pessoas estão no parque naquele momento.

O robô também ganhou algumas outras funcionalidades ao longo deste período de testes. Ele tem sito utilizado, por exemplo, para levar medicamentos em um hospital destinado a pessoas com o novo coronavírus em Singapura.