Os cachorros costumam ser animais que se adaptam muito fácil a diferentes ambientes e também diferentes pessoas. Na grande maioria dos casos, as raças mais comuns de cães costumam se dar bem bom as visitas e também com outros parentes quando chegam na sua casa. Mas, existem alguns casos, em que os nossos amigos se tornam possessivos.

Cachorro possessivo? Saiba o que fazer quando o seu dog não deixa ninguém chegar

O comportamento possessivo é algo relativamente comum que acontece com alguns animais de estimação, especialmente dos cães. Basicamente eles acabam considerando um ou mais humanos como parte do seu território que precisa ser protegido. Dessa forma, os cães simplesmente não deixam ninguém estranho e diferente chegar perto.

Não se sabe ao certo o que acaba levando a este tipo de comportamento. Alguns especialistas afirmam que a raça acaba tendo uma importância significativa no desenvolvimento de determinados tipos de comportamentos dos cães. Mas existem casos em que dois cães, da mesma raça e no mesmo lugar, acabarem desenvolvendo comportamentos diferentes.

A melhor forma de evitar este tipo de comportamento é treinar e ensinar o cachorro desde cedo. Algumas raças vão precisar de um certo nível de treinamento, mas, na maioria dos casos, basta apenas não incentivar e não proteger demais o cachorro para que ele não desenvolva este tipo de comportamento.

Mas, depois que ele desenvolve o comportamento, existem algumas táticas que podem ser interessantes para reduzir o impacto deste tipo de comportamento:

Não incentive

Cachorro possessivo? Saiba o que fazer quando o seu dog não deixa ninguém chegar parto

Antes de mais nada, é fundamental que os donos dos cães não incentivem este tipo de comportamento. E isso, na cabeça do cão, acontece de diversas formas, inclusive quando a pessoa dedica atenção para o fofuxo quando ele late ou ataca outras pessoas que tentam se aproximar. O ideal é afastar o cão e deixar ele separado das demais pessoas por um tempo.

Trabalhe a sociabilização

Fazer com que o cachorro se torne um pouco mais sociável também é muito importante. Em alguns casos, pode ser necessário contar com a ajuda de treinadores profissionais para que sejam feitos determinados exercícios que vão ajudar o cachorro a interagir com outros animais e também outros humanos.

Cuidado com a solidão canina

Muitos cães que apresentam este tipo de comportamento acabam ficando muito tempo sozinhos. Se for o caso, pode ser que estes pets estejam enfrentando problemas como a ansiedade canina. Por isso, encontre alguma forma de compensar este tempo com o seu pet.