A grande maioria das pessoas que convivem com os cachorros diariamente sabem que sentimentos como a ansiedade acabam se tornando frequentes no dia a dia. Ou seja, a ansiedade está longe de ser um problema apenas dos seres humanos. São diversas as reações que os cães acabam apresentando, tais como nervosismo, medo e agressividade.

Ansiedade dos cachorros pode estar relacionado a raça do cachorro

O que alguns pesquisadores descobriram recentemente é que os sentimentos de ansiedade acabam variando de acordo com a raça. É o que mostra os testes feitos por pesquisadores na Universidade de Helnsique, na Finlândia. Eles trabalharam com clubes de criação de cachorros de todo mundo e levantaram os dados através dos relatos dos donos.

A pesquisa está sendo celebrada como o maior estudo já feito sobre o temperamento dos cachorros, com um total de 13.700 relatos sendo levados em consideração de 264 raças diferentes. Para a realização da pesquisa, o comportamento foi dividido em sete características diferentes: sensibilidade a barulhos, medo de modo geral, medo de altura e superfícies, desatenção, hábitos compulsivos, agressão e ansiedade de separação.

Ansiedade dos cachorros pode estar relacionado a raça do cachorro

Os resultados da pesquisa mostraram que 72,5% dos cães apresentam ao mesmo um dos comportamentos utilizados como base para a pesquisa. Sensibilidade a ruídos é o sintoma mais comum, afetando 32% dos cachorros. 17% dos animais participantes apresentam medo de outros cachorros, 15% apresentam ansiedade junto de estranhos, e 11% apresentam medo de situações novas.

Os pesquisadores afirmaram que a genética acaba sendo a explicação mais plausível para os diferentes comportamentos dos cachorros. A pesquisa sugere ainda que algumas raças acabam se tornando mais ansiosas do que as outras, sendo uma característica básica daqueles cães.

De acordo com os dados levantados, as raças mais ansiosas são o Cão d’água espanhol, o pastor-de-shetland e os vira-latas de modo geral. Os animais mais sensíveis aos barulhos são das raças Lagotto Romagnolos, Wheaten Terrier e vira-latas – o sintoma de agressividade na relação com estranhos é presente em 10% dos schnauzers miniatura.