Com o aumento na quantidade de brasileiros que preferem ter um gato como animal de estimação, o momento da viagem de férias pode ser um problema. Mesmo aquelas pessoas que preferem ter um cachorro acabam tendo que enfrentar uma dificuldade adicional neste momento, mas amantes de felinos podem acabar encontrando mais dificuldades.

5 dicas para viajar com gatos sem estrese

Uma das questões que mais impactam qualquer tipo de mudança de ambiente e para os gatos é o fato de que eles costumam ser muito caseiros e mal-humorados em relação ao seu ambiente. Eles realmente se sentem mais seguros quando já conhecem o seu território, diferentemente dos cachorros que costumam se adaptar mais facilmente as mudanças.

Mas isso não significa que seja impossível viajar com gatos, tudo depende de algumas adaptações e atitudes que devem ser tomadas nos momentos antes e durante a viagem. Confira algumas dicas para conseguir se deslocar em grandes distancias com felinos sem estresse:

Acostume ele com a caixa

Antes de mais nada, os gatos devem ser transportados dentro de caixas, mesmo quando ele está viajando dentro de um carro de passeio privado com sua família. Mas muitos acabam não se acostumando com o espaço, portanto a dica é deixar a caixa alguns dias antes para que ele se acostume.

Leve os objetos do felino

5 dicas para viajar com gatos sem estrese

Nada de comprar coisas novas para os gatos enquanto eles estiverem longe de casa. Quanto mais itens do próprio gato forem levados para a viagem, mais “em casa” ele vai se sentir. Até mesmo a caixa de arena dele pode ser interessante.

Gaste as energias do felino

Uma dica interessante é aproveitar os momentos que precedem a viagem para brincar bastante com o felino. Dessa forma o gato vai gastar boa parte das suas reservas de energia e poderão ter uma viagem mais tranquila dentro da caixa de transporte.

Mantenha a caixa sempre presa

As caixas de transporte contam com alguns acessórios que permitem com que elas sejam presas no carro de uma forma segura. Não esqueça de verificar se o seu felino está bem preso com o cinto antes da viagem começar.

Adapte aos poucos

Será preciso um pouco de paciência para que o gato se acostume com o novo ambiente. Por isso, o ideal é deixar a caixa de transporte próximo ao local onde vai dormir. Coloque todos os objetos do gato pelo local e comece a mostrar, aos poucos, onde as coisas estão.