Por Rodrigo Bueno

publicado em Comportamento

Os gatos são animais de estimação que podem acabar apresentando algumas dificuldades quando comparado com os cães. Algumas tarefas que se tornaram mais presente no cotidiano dos tutores dos cachorros, como as viagens, podem parecer mais complicadas quando estamos falando dos felinos.

5 cuidados importantes para viajar com gatos

Mas, de uma forma geral, existem apenas algumas adaptações e cuidados que devem ser tomados quando a viagem está sendo feita com o gato. Muitos dos cuidados são compartilhados entre os dois pets, apenas algumas alterações precisam ser providenciadas a partir das características dos gatos como um todo e também do temperamento do individuo.

Confira 5 cuidados importantes que devem ser tomados para viajar com gatos:

Consulte sempre o veterinário

Antes de qualquer viagem, especialmente se forma a primeira, é importante consultar um veterinário para saber se está tudo bem com a saúde do pet. O profissional também poderá dar algumas dicas, como medicamentos que podem ser administrados durante o trajeto ou ainda os cuidados que devem ser tomados no local específico para onde o gato estão indo.

Faça pequenas viagens de teste

Ante de partir para uma viagem mais longa com o gato, como aquelas feitas de avião, é muito importante fazer viagens menores e mais controladas para entender como o gato vai reagir. Neste caso, pode ser interessante fazer pequenos trajetos de carro ou mesmo de ônibus.

Compre uma caixa adequada ao tamanho

5 cuidados importantes para viajar com gatos

Os gatos sempre devem ser transportados dentro das caixinhas. É importante que elas sejam adequadas ao seu tamanho, ou seja, nem muito maior e nem muito menor. Além disso, também é importante que o felino se acostume com a caixa antes da viagem, em um ambiente controlado e confortável para ele.

Leve sempre tapetes higiênicos

Este é um item que funciona muito bem tanto para os cachorros quanto para os gatos. O ideal é sempre levar dois tapetes, para que possa haver uma troca caso ele seja utilizado. O tapete vai ajudar tanto nas necessidades do pet como também a conter a sujeira caso aconteça algum acidente com a água ou com a comida do pet.

Tenha a documentação do gato em dia

Para viajar de avião e em algumas viagens de ônibus ou para outros países o tutor deve ter alguns documentos do pet. Geralmente são certificados emitidos por veterinários ou órgãos de controle de saúde do local de origem e de destino. Se informe antes de fazer a viagem.