Por Rodrigo Bueno

publicado em Alimentação

A grande maioria das pessoas acabam tendo dúvidas em relação ao que pode ser oferecido para os cães em termos de comida e bebida. E os cães, como estão muito mais próximos dos humanos, tendem a querer sempre o que as pessoas estão comendo e bebendo, já que os sabores e os odores tendem a atrair os pets.

Pode dar chá para cachorro? Confira se a bebida é segura!

Um exemplo disso é o chá. Essa é uma bebida realmente muito apreciada pelos humanos, mas acabam tendo diferentes características que variam de acordo com as ervas e outros elementos que são utilizados no momento da infusão. São diversos os benefícios que os chás trazem para as pessoas, mas nem sempre o chá pode ser seguro para os cães.

De acordo com aa opinião da grande maioria dos especialistas, os chás devem ser oferecidos para os cachorros apenas com a indicação e também com o acompanhamento de veterinários. Mas alguns chás podem acabar sendo mais seguros para os pets. Um exemplo é o chá de boldo, que não oferece grandes riscos e que pode ajudar em casos de enjoo. Outro chá que também é seguro é de erva-doce.

Por outro lado, existem alguns chás que realmente são perigosos para os cachorros. Neste grupo podem ser incluídos todos aqueles que possuem cafeína, seja em qualquer quantidade, como o preto, o verde e também o mate. Além disso, os chás que possuem um grau mais elevado de acidez também são perigosos, como o de gengibre ou o de limão.

Pode dar chá para cachorro? Confira se a bebida é segura!

Caso os chás sejam recomendados pelos veterinários, eles devem sempre ser oferecidos frios para os cães, já que a bebida quente pode causar uma série de problemas gástricos para os cães. Além disso, o chá oferecido deve ser apenas resultado da infusão da erva com a água, sem qualquer tipo de açúcar ou adoçante.

A frequência que o chá pode ser oferecido para os pets também devem ser indicadas pelos veterinários, que vai fazer uma avaliação levando em consideração especialmente o peso do pet.