Por Rodrigo Bueno

publicado em Alimentação

A hora da comida costuma ser um momento sagrado para os cachorros, que não costumam abrir mão do seu alimento. Mas, de vez em quando, existem algumas mudanças sem relação ao padrão de alimentação que o próprio cachorro cria. Alguns ficam dias sem comer, enquanto outros desenvolvem uma verdadeira compulsão, comendo tudo o que eles enxergam pela frente.

Confira alguns possíveis motivos para seu cachorro comer mais ou menos

Com isso, muitos tutores acabam se sentindo até mesmo perdidos, não sabendo se devem oferecer mais ou menos comida, ou se precisam alterar a hora que o alimento é oferecido pelos cães. Mas existem diversos motivos que podem acabar causando algumas mudanças na forma como o cachorro se alimenta.

Quando são filhotes

Quando os cães ainda são filhotes, durante o seu primeiro ano de vida, o padrão de alimentação acaba sendo bastante diferente de quando o cachorro é adulto. Geralmente eles são mais ansiosos e costumam comer mais. Nestes casos, o recomendado é dividir a hora da alimentação em mais momentos ao longo do dia, para que eles acabem acalmando um pouco essa ansiedade.

Quando eles vivem um dia diferente

Na grande maioria dos casos, as rotinas dos cães costumam ser rígidas, com eles fazendo sempre as mesmas coisas nos mesmos horários. Mas, algumas vezes, eles acabam tendo algumas mudanças no seu dia, o que pode acabar alterando o seu padrão alimentar. E isso pode ser algo simples, como um petisco que foi oferecido fora de hora, ou quando existe uma mudança muito brusca na temperatura.

Quando são muito agitados

Confira alguns possíveis motivos para seu cachorro comer mais ou menos

Algumas raças tendem a ser mais agitadas e apresentar uma certa compulsão alimentar. Isso acontece quando o pet acaba comendo muito rapidamente todo o alimento oferecido. Mesmo que ele pareça querer continuar comendo, em alguns casos muitos até passam mal por ter comido rápido. Este é um quadro relativamente comum em algumas raças, como Cocker Spaniels e Labradores e exigem um pouco de atenção dos humanos.

Quando ele está com dor

Assim como acontece com os humanos, quando os cães não estão se sentindo bem acabam tendo alterações no seu dia a dia, especialmente quando o assunto é alimentação. Animais enjoados, com dor de estômago ou qualquer outra situação que resulte em desconforto pode acabar reduzindo o apetite.