Assim como os cachorros, os gatos também contam com uma lista de alimentos que não devem ser comidos. Geralmente são itens que fazem parte do dia a dia da alimentação humana. Em determinados casos, algumas pessoas acabam oferecendo algo ao animal, achando que não está fazendo nada de errado. Mas existem casos também que os gatos se apropriam de algum alimento, baseado na falta de cuidado do seu dono.

Confira os 8 alimentos mais perigosos para os gatos

Independente da situação, é importante que as pessoas sempre fiquem bastante atentas. Os gatos podem acabar se tornando animais mais complicados de se cuidar, especialmente quando estamos acostumados com os cães. Os felinos costumam ser mais independentes, teimosos e acessam lugares mais altos com facilidade, o que exige que as pessoas pensem duas vezes onde vão guardar os alimentos.

Confira 8 tipos de alimentos que são considerados bastante perigosos para os gatos:

Alho e cebola

Neste caso não estamos falando apenas dos alimentos em si, mas qualquer comida que utilize estes temperos. Elas podem acabar causando anemia para os gatinhos.

Osso

Alguns gatos também podem acabar desenvolvendo gosto por roer ossos, mas este hábito pode acabar fazendo com que eles tenham lesões nas mucosas do trato gastrintestinal, inclusive perfurações.

Gordura animal

Confira os 8 alimentos mais perigosos para os gatos

Este item pode acabar tendo uma grande quantidade de calorias para um animal tão pequeno quanto o gato, o que pode acabar favorecendo a obesidade.

Uvas

A inofensiva e saborosa uva para os humanos pode acabar se transformando em puro veneno para os gatos, causando lesões renais sérias nos felinos.

Azeitona

Neste caso o problema está na grande quantidade de sódio que geralmente se coloca na água onde a azeitona é armazenada, podendo causar hipertensão nos gatos.

Leite

O leite de vaca é recomendado para os gatos apenas até os seus 45 dias. Depois disso, o mesmo alimento pode acabar provocando diarreia e vômito em gatos adultos.

Pão

Os gatos não precisam de carboidratos para obter energia, por isso este tipo de alimento também pode acabar favorecendo a obesidade.

Café

O estímulo que este item acaba oferecendo ao sistema nervoso central pode causar taquicardia nos felinos.