O inverno acaba pedindo uma boa comida quentinha, que ajuda a manter o corpo aquecido. Sopas e outros alimentos que conseguem manter a temperatura mais elevada acabam se tornando comuns nas refeições dos humanos. Mas e os cães? Será que eles também podem se alimentar com comida quente no inverno?

Cachorros podem comer alimentos quentes?

A resposta dos especialistas no assunto é: depende. De uma forma geral, os cachorros não precisam ingerir alimentos mais quentes para acabar mantendo a sua temperatura corporal elevada. Eles contam com outros mecanismos que ajudam nesta tarefa.

Mas, é possível dar uma leve aquecida nos alimentos que são oferecidos para os cães. Quando a temperatura realmente está muito baixo, os alimentos oferecidos aos cães, como as rações, podem ficar muito perto da temperatura utilizada para manter os alimentos conversados na geladeira. Neste caso, os alimentos podem ser levemente aquecidos, mas apenas até ficar um pouco mais quente do que a temperatura ambiente, ou na temperatura ambiente considerada “normal e confortável”, o que seria algo em torno dos 23 graus.

Cachorros podem comer alimentos quentes?

Nada deve ser oferecido aos cães que seja mais quente do que isso. A comida muito quente pode acabar desencadeando uma série de problemas de saúde para os cachorros, como gastrite e diarreias. Além disso, ao aquecer alimentos, alguns nutrientes podem ser perdidos, e isso costuma ser ainda mais comum no caso das rações.