Que os cachorros e os gatos costumam gostar dos alimentos que geralmente fazem parte das refeições dos humanos todo mundo sabe. Os cães costumam ter um apreço maior pela comida, enquanto que os gatos costumam ser mais seletivos. Mesmo assim, ambos costumam adorar um petisco diferente.

Cachorros e gatos podem comer pinhão?

Existem alguns itens naturais que podem ser dados tanto para os cachorros quanto para os gatos sem qualquer tipo de problema. E o pinhão é um destes petiscos interessantes para oferecer a ambos. O alimento costuma fazer muito sucesso entre as pessoas, especialmente na região sul e sudeste do país, durante os meses de inverno.

O pinhão é o nome dado para a semente da árvore da Araucária e pode ser considerado como um alimento rico em amido e fibras. O alto teor de fibra presente no pinhão pode diminuir a digestão do mesmo pelo animal, disponibilizando mais material para a fermentação pelas bactérias intestinais

De acordo com veterinários e especialistas, o pinhão pode ser oferecido, mas é importante que estes alimentos não substituam as refeições completas e tradicionais destes animais. Além disso, as pessoas também devem tomar cuidado em relação ao preparo do pinhão quando este alimento for oferecido para os animais.

Cachorros e gatos podem comer pinhão?

Geralmente as pessoas costumam temperar o pinhão durante o seu preparo, especialmente com o sal, que permite com que ele tenha um gosto um pouco mais palatável para a maioria das pessoas. Mas, no caso dos cães e gatos, o sal costuma fazer mal. Por isso, é recomendado que o alimento seja cozinhado sem qualquer tipo de alimento antes que ele seja oferecido para os cachorros e para os gatos.

Além disso, para aqueles animais que estão passando por tratamento de obesidade não devem ingerir qualquer tipo de petisco, incluindo o pinhão.