Fofuxo.com

Saiba o que é a Hipertermia e os problemas que ela causa nos cães

Problema acaba sendo bastante comum durante o verão em boa parte do Brasil.

O Brasil é um país tropical, e o clima que faz no verão em nosso país é muito quente na grande maioria do território. Além das características naturais em termos de localização que faz com que o Brasil seja uma “terra quente” por natureza, existem ainda outros agravantes, como o aquecimento do Planeta Terra como um todo nos últimos anos.

Saiba o que é a Hipertermia e os problemas que ela causa nos cães

Isso tudo faz com que as pessoas acabem sentindo bastante calor por aqui, especialmente nos meses de verão. Por conta disso todo mundo sofre com as altas temperaturas, inclusive os pets.

Os cachorros costumam sofrer mais com o calor, e quando a temperatura dentro do organismo fica muito alta eles desenvolvem o que é chamado de hipertermia. Nos últimos meses diversos casos foram inclusive noticiados na imprensa de animais que acabaram perdendo a sua vida por causa do calor. Alguns inclusive acabaram morrendo dentro de carros que levariam eles para o pet shop.

A hipertermia pode acontecer com qualquer cachorro, mas os grandes e com muitos pelos acabam tendo mais chances de desenvolver o excesso de calor interno.

Consequências da hipertermia

As consequências do excesso de calor por uma grande quantidade de tempo geralmente sã graves. Começa com alguns problemas como Prostação e Edemas pulmonares, que podem inclusive acontecer ao longo do tempo em que o animal sofre com o calor. Quando eles ficam muito tempo sem conseguir resfriar o seu organismo acabam sofrendo convulsões, pardas cardíacas, perda de consciência e consequente óbito.

Como entender que o animal está desenvolvendo hipertermia

Saiba o que é a Hipertermia e os problemas que ela causa nos cães

Em primeiro lugar o cão acaba ficando ofegante. Ele acaba tendo mais dificuldade de respirar, o que consequentemente faz com que ele fique mais cansado. Com o cão fraco, ele também passa a ter um andar cambaleante, além de muita salivação. O cachorro também costuma ficar bastante confuso quando está com muito calor.

O que fazer para evitar

Os cuidados devem ser tanto para os animais que estão dentro de casa quanto na rua. Muitas pessoas acabam achando que somente no sol o animal vai desenvolver o excesso de calor, mas dentro de casa ele também pode sentir-se sufocado.

Portanto, nos dias mais quentes, os cães devem sempre ficar em locais abertos e bem ventilados. Nos dias mais abafados ou muito quentes, deixar o animal em locais com ventiladores ou até mesmo ar condicionado também é importante. Toalhas molhadas e borrifadores com água também podem ser utilizados para refrescar o animal.

Nas saídas, é importante evitar os horários com sol mais escaldante, e principalmente levar sempre água fresca para os animais se hidratarem durante a caminhada ou corrida. 

Postado em .


Pela Web

Comentários