Fofuxo.com

Problemas bucais no cão podem causar complicações mais graves

Tártaro pode causar até mesmo meningite nos cães.

O hábito de escovar os dentes dos cães ainda não é algo que tenha se difundido entre os criadores e os donos das mais variadas raças. Muitas pessoas nem ao menos sabem que existem veterinários que se especializam apenas nos cuidados com dentição dos animais.

Problemas bucais no cão podem causar complicações mais graves

O hábito nunca foi visto como necessário para manter a saúde do cão em dia, e até mesmo uma velha história comum em diversas regiões do Brasil que fala que “os cães costumam escovar os dentes comendo ossos” acabou ajudando para que o hábito da escovação não conseguisse se tornar mais efetivo entre os donos dos cachorros.

Mas o fato é que de acordo com estudos mais recentes, escovar os dentes do seu amigo cão está longe de ser algo simplesmente estético ou apenas para manter o hálito fresco do animal. Uma série de problemas bucais podem ser desencadeados a partir do não cuidado com dentes e gengivas. Mas pior do que isso, problemas mais sérios de saúde podem partir destes problemas bucais.

O grande vilão: Tártatro

O grande vilão na boca dos cães, que também é um velho conhecido dos humanos, é o tártaro. Trata-se de uma placa que acaba se formando a partir do acumulo de bactérias que se alimentam dos restos de comida que ficam na boca destes animais. O problema mais conhecido causado pelo tártaro são as cáries, que por sua vez pode levar a queda dos dentes do cachorro.

O problema é que não é só isso que pode acontecer quando o animal acaba ficando exposto a esta grande quantidade de bactérias dentro da sua boca. Ao se proliferarem nesta região, as bactérias causam infecções, e estas infecções podem ir parar nos vasos sanguíneos da boca do cão, e se espalhar para o restante do corpo. Doenças graves, como a meningite, pode nascer deste descuidado com a boca do seu cachorro.

Como evitar

A dica para evitar este e outros problemas decorrentes da sujeira que fica acumulada na boca do seu cão é começar a escovar os dentes do seu amigo. A escovação pode ser feita 3 vezes por semana, utilizando escovas próprias. O mais recomendado são as que possuem formato de dedo, para que seja mais fácil passar pela boca do seu cão. As pastas de dente específicas para cachorros também podem ajudar.

E caso o dono perceber um cheiro ruim muito forte vindo da boca do cão, ou então se deparar com um dente perdido pela casa, a dica é procurar um dentista veterinário. 

Postado em .


Pela Web

Comentários