Fofuxo.com

Como fazer massagens nos seus pets

Técnicas podem trazer uma série de benefícios para os animais.

A pessoa que não goste de uma boa sessão de massagens que atire a primeira pedra. Não precisa nem ser aquela massagem profissional, mas basta que uma pessoa dê algumas apertadas nas costas de outra pessoa para aquela sensação de alívio acabe surgindo em que está recebendo os toques. Pois saiba que os seus pets também podem gostar muito de receber uma boa massagem.

Como fazer massagens nos seus pets

Nas grandes cidades já é possível encontrar uma série de empresas, especialmente pets, que oferecem este tipo de serviço profissional para os animais de estimação. Muitas das técnicas que estão disponíveis para os humanos também podem ser encontradas nas suas versões para cães e gatos, como o Shiatsu, o Reiki e até mesmo a Drenagem Linfática.

Os benefícios da massagem nos pets

Os estudos sobre a efetividade ou não das massagens no organismo dos animais de estimação ainda estão engatinhando, sendo que a massagem nos pets ainda é considerada como tratamento alternativo. Mas também já existem algumas pesquisas que mostram que as massagens nos animais podem ter os mesmos efeitos que a massagem acaba tendo para os humanos.

Ou seja, o toque em determinados pontos do corpo dos cães e gatos podem tratar uma série de problemas, como ansiedade, estresse, hiperatividade e agressividade. Além disso, o ato da massagem também pode ajudar a identificar alguns outros problemas na pele do animal que acabar não sendo vistos a olho nu, como é o caso de inchaços, etc.

Apesar de já existirem profissionais com capacitação técnica específica para massagens em cães e gatos, quando ela é feita pelo próprio dono os benefícios podem ser ainda maiores. Isso porque o laço entre a pessoa e o seu pet acabará sendo fortalecido nestes momentos.

Dicas para fazer massagens no seu pet

Como fazer massagens nos seus pets

Não é necessário ser nenhum profissional para começar a fazer massagens no seu próprio cão ou no seu próprio gato. Na verdade, não será muito diferente do que muitas pessoas acabam fazendo durante suas sessões de carinho. Mas para que o animal consiga aproveitar uma sensação maior de relaxamento, alguns pontos podem ser explorados:

Sempre inicie este momento com algumas carícias que o animal esteja acostumado para que ele não estranhe nenhum movimento. Depois disso a dica é intensificar os toques deslizando os dedos da cabeça em direção a causa;

Outras partes do corpo do seu pet que podem ser exploradas durante a massagem são áreas como olhos, focinhos, orelhas e queixo, sempre com movimentos leves e constantes, de preferência circulares;

Outro movimento interessante é apertar a pele que fica mais solta, especialmente dos cães, em regiões como peito e pescoço;

As patas são regiões um tanto quanto sensíveis nos pets e nem todos deixam que as pessoas toquem nelas, nem mesmo os seus donos. Por conta disso, é muito importante tentar alguns toques leves na região para entender qual será a reação do animal. Caso ele aceita, dar leves pressionadas nas patas também pode promover o relaxamento do cão ou do gato. 

Postado em .


Pela Web

Comentários