Fofuxo.com

Diabéticos poderão contar com a ajuda de cães treinados

Pesquisa foi feita por uma equipe inglesa e pode ser colocada em prática nos próximos anos.

Uma boa notícia para as pessoas que sofrem com diabetes. Uma pesquisa promovida no Reino Unido, por pesquisadores da Universidade de Bristol, mostrou que cachorros com um determinado nível de treinamento poderão ajudar as pessoas com esta doença, especialmente quando estes estão em crise.

Diabéticos poderão contar com a ajuda de cães treinados

De acordo com as informações que constam no relatório de pesquisa, cães que passam por um determinado treinamento adquirem a capacidade de identificar os momentos que antecedem a crise de diabetes nos humanos. Inclusive quando os pessoas estão dormindo o cachorro pode detectar quando a pessoa está prestes a ter uma crise de hipoglicemia ou hiperglicemia.

Os testes foram feitos nos laboratórios da universidade e também na casa das próprias pessoas que estavam participando da pesquisa. Os resultados comprovam que houve uma considerável diminuição nos episódios onde as pessoas ficavam inconscientes devido aos baixos níveis de glicose.

Cães podem ser utilizados no futuro

Ainda é cedo para falarmos que os cães efetivamente conseguem ajudar as pessoas que possuem diabetes, mas os médicos e pesquisadores estão animados e acreditam que no futuro os animais poderão servir como um aviso complementar, que poderá ser utilizado juntamente com outros dispositivos, como os sensores que são colocados nos diabéticos e que podem avisar quando existe uma alteração nos níveis de glicose da pessoa.

No relatório existe uma série de explicações sobre como os cachorros poderia entender que a pessoa estaria prestes a sofrer uma crise devido a doença. Existe uma série de alterações físicas que acontecem no nosso organismo nestas situações que se manifestam de forma externa, mas muitas vezes as pessoas não conseguem detectar.

Um dos elementos que acabam ajudando os cães a entenderem o que está acontecendo é o suor das pessoas, que acabam tendo um odor muito particular que o cachorro consegue sentir devido ao seu olfato muito mais apurado do que o dos humanos. Na verdade o cachorro sempre vai sentir este cheiro durante as crises, e o que os pesquisadores fazem é ensinar o cão a tomar uma determinada atitude quando ele sentir este odor, como tentar acordar o dono caso ele esteja dormindo.

A pesquisa fala que é possível fazer um treinamento específico para que o cão consiga identificar o odor, e ele pode levar, em média, dois anos. 

Postado em .


Pela Web

Comentários