Fofuxo.com

Como cuidar de gatos idosos

Confira algumas dicas interessantes para cuidar dos felinos mais velhos.

Assim como os cães, os gatos domésticos estão tendo sua expectativa de vida aumentada ao longo das últimas décadas. Com isso as pessoas precisam começar a se preparar psicologicamente para cuidar o seu felino quando ele começar a apresentar os problemas de saúde que são característicos dos gatos desta idade.

Como cuidar de gatos idosos

De acordo com veterinários e especialistas, algumas raças de gatos já podem ser consideradas idosas a partir dos sete anos de vida, o que não é muito tempo se formos parar para pensar nos anos que muitos gatos acabam ficando em uma determinada família. Além disso, uma boa quantidade dos gatos com mais de 12 anos de idade apresentam problemas de artrite.

Outros problemas também são muito recorrentes nos felinos depois que eles atingem uma certa idade: problemas renais, de tireoide, no fígado e no coração também costumam aparecer em animais com idade avançada.

Confira algumas dicas importantes para lidar com o seu felino idoso e aumentar ainda mais a sua expectativa de vida:

Veterinários

O primeiro passo é incluir a visita ao veterinário na rotina do gato. Depois dos 8 anos de vida é extremamente recomendado que as pessoas comecem a levar os felinos ao veterinário periodicamente, e não apenas quando ele apresentar algum tipo de problema. Mesmo que ele esteja saudável, é fundamental que os veterinários avaliem a saúde do felino com o objetivo de detectar algum problema na sua fase inicial de desenvolvimento ainda.

Alimentação

Como cuidar de gatos idosos

De um modo geral os gatos mais idosos precisam de uma alimentação com uma maior quantidade de nutrientes, como taurina e ácidos araquidônicos, nutrientes estes que apenas carnes animais oferecem. Portanto as proteínas são de fundamental importância na vida dos gatos mais velhos.

No caso das rações, existem marcas que oferecem alimentos específicos para gatos mais velhos, que possuem uma quantidade maior destes nutrientes, e que realmente pode fazer toda a diferença.

Outro cuidado importante que as pessoas devem ter em relação a alimentação do seu felino é a quantidade de comida oferecida. É importante que o gato não passe a comer mais do que deveria, já que o sobrepeso pode ser muito perigoso para os felinos idosos.

Atividades

Por mais que os gatos mais velhos tenham a tendência de ficar mais quietos no canto deles, os donos não podem deixar de incentivar eles no que diz respeito as atividades do dia a dia. Por isso é importante manter o ritmo das brincadeiras, até como uma forma de controlar o peso do animal.

Postado em .


Pela Web

Comentários