Fofuxo.com

Confira dicas para diminuir a flatulência de cães

Gases podem indicar problemas de saúde ou má alimentação.

A convivência próxima geralmente pode acabar causando alguns problemas entre os que estão envolvidos. A relação entre humanos é um grande exemplo. Quando as pessoas estão na fase do namoro ainda não convivem durante muito tempo, e com isso detalhes da intimidade acabam ficando escondidos. Eles aparecem quando o casamento acontece e a convivência aumenta.

Confira dicas para diminuir a flatulência de cães

O mesmo acontece com a relação entre os humanos e seus pets de estimação. Durante muitos anos os cachorros ficavam afastados da família na grande maioria dos casos, do lado de fora de casa, no pátio ou em casas específicas para eles. Hoje em dia muitos cães estão dormindo ao lado das pessoas, seja na cama ou no sofá. E isso faz com que os humanos descubram algumas coisas que eles desconheciam ou fingiam não conhecer, como o fato dos cães também terem gases e soltarem seus “puns”.

Os gases são normais, e como os cachorros, na grande maioria dos casos, não possuem pudor nem vergonha, acabam não segurando. Mas em alguns casos, quando eles acontecem com uma grande frequência, pode realmente ser um indício de que existe algum problema de saúde que pode estar atrapalhando a vida do animal.

Cuidados na alimentação

Uma das causas dos gases na vida dos cães é a alimentação em si. Nestes casos os problemas acabam não tendo muita gravidade, mas também acabam exigindo alguns cuidados. Muitas vezes pequenas alterações na dieta acabam causando estes gases. Determinados alimentos acabam aumentando a presença destes gases no organismo dos animais, como carboidratos, lactoses e condimentos.

Outro motivo que pode fazer com que o animal tenha muitos gases é o fato dele comer muito rápido. Isso faz com que ele acabe aumentando a ingestão do ar enquanto engole a comida.

Exercícios

Confira dicas para diminuir a flatulência de cães

Pode parecer não tendo uma relação direta, mas a falta de exercícios físicos também pode ser um problema quando o assunto é gases. De um modo geral, levar o seu cão para caminhar na rua pelo menos uma vez por dia, durante 30 minutos, pode reduzir consideravelmente este problema.

Doenças

O excesso de gases também pode ser indício de alguns problemas de saúde mais sérios, como Inflamações no intestino, excesso de bactérias no intestino delgado, tumores, Síndrome do intestino irritável, parasitas intestinais, Enterite ou ainda Insuficiência Pancreática Exócrina.

Caso o problema mesmo com uma alimentação adequada e exercícios físicos diários, recomenda-se a avaliação veterinária para verificar se o animal não está sofrendo com qualquer uma destas doenças mais graves. 

Postado em .


Pela Web

Comentários