Fofuxo.com

Cachorros bipolares, eles existem?

Muitas pessoas acabam tendo problemas com mudanças repentinas no comportamento do animal. Saiba o que pode estar causando isso.

Uma hora o cachorro está brincando, quando menos espera ele rosna para a pessoa e até mesmo ameaça morder. Casos como este são bastante comuns. Apesar de apresentarem diversas variáveis, muitas pessoas acabam tendo um cachorro dentro da sua casa ou comportamento que simplesmente muda de humor de uma hora para a outra. Nestas horas, sempre existe um adulto por perto para falar que o cão é bipolar. Mas será que realmente um cachorro pode desenvolver este transtorno de mudanças de humor?

Cachorros bipolares, eles existem?

A grande maioria dos especialistas e veterinários discordam sobre o tema. Isso porque ainda não existem provas suficientes de que um cão possa sofrer de uma mudança repentina de humor, transtorno que acontece com os humanos. Apesar disso, nos animais o cérebro deles também acaba reagindo aos níveis de serotonina, substancia esta que acaba sendo desregulada nos casos de alteração repentina de humor nos humanos.

Mas existem algumas possíveis causas e explicações para este comportamento.

Dominância

Um dos motivos mais comuns para que um animal acabe mudando de humor de uma hora para a outra está relacionado ao processo de dominância que eles exercem sobre um determinado território. Por mais que o cão esteja se socializando bem com os humanos, em alguns casos a questão da demarcação de território não fica bem resolvida. Assim, o cachorro vai acabar demonstrando um comportamento de estresse sempre que achar que alguém ou outro animal está invadindo o terreno dele.

Síndrome da Raiva Canina

Cachorros bipolares, eles existem?Este é um nome muito comum que os veterinários acabam utilizando para falar justamente sobre estas mudanças de comportamento. Na grande maioria dos casos o problema acaba sendo encontrado em animais que não foram devidamente treinados e são de uma raça um pouco amis violentas ou que tendem a ficar mais presos a questão da demarcação de território.

Quando o problema é este, os donos podem recorrer aos treinamentos com profissionais para adestrar o cão da melhor forma possível. Assim, ele poderá entender que existe um líder naquele espaço, que é o humano, e que ele precisa ser obediente.

Pesquisas recentes

Apesar disso, alguns pesquisadores ressaltam que o cérebro dos cães ainda escondem muitos mistérios, já que os estudos estão atrasados em relação ao que se sabe sobre o funcionamento do cérebro dos humanos. Mas existem alguns testes mais recentes que comprovaram que alguns animais que apresentavam mudanças de comportamento repentinos também tinham quadros de epilepsia e alguns também tinham baixo nível de serotonina. 

Postado em .


Pela Web

Comentários