Fofuxo.com

Cachorros agitados ou Hiperativos?

Entenda a diferença entre estas duas situações diferentes que podem causar confusão nos donos.

Quando os cachorros são jovens é natural que eles tenham toda a energia do mundo. Eles estão sempre brincando, seja com outros animais, seja com as pessoas ou até mesmo sozinhos. Mas existem alguns que mesmo depois que passam por esta fase continuam agitados.

Cachorros agitados ou Hiperativos?

Assim como acontece com os humanos, os cães também podem sofrer com um problema conhecido como Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Quando esta doença realmente é diagnosticada nos cães, os donos precisam ter todo um cuidado especial com o seu amigo, e em alguns casos é necessário recorrer a determinados tratamentos.

Mas é importante que os donos não achem que tudo seja relacionado com a doença. É importante diferenciar o que pode ser o TDAH do que pode ser também a chamada superatividade, que é apenas quando o cão é bastante ativo. O primeiro caso é uma doença, enquanto que o segundo pode ser algo ligado a raça ou ao comportamento do cão de um modo geral.

Além disso, a doença Hiperatividade em cães ainda é considerada extremamente rara, e portanto acaba sendo mais provável que as pessoas tenham na sua casa realmente um cão que seja apenas ativo demais.

Características da Superatividade

Cachorros agitados ou Hiperativos?

Os cães superativos precisam de atividades físicas constantes e intensas. O principal objetivo deste movimento é gastar a energia que eles acumulam durante o dia. Caso contrário, toda esta energia que está acumulada no animal pode se transformar em comportamentos destrutivos ou em desobediência.

A Superatividade não pode ser considerada como uma doença e nem mesmo como um problema que pode ser enfrentado pelos donos. Pelo contrário, esta deve ser encarada como uma característica presente no animal. Geralmente a Superatividade está presente na maioria dos filhotes. Com o tempo, ela costuma ficar apenas em cães de determinadas raças, especialmente aquelas que foram criadas originalmente para o trabalho no campo.

Para lidar com este problema, basta manter uma rotina constante de tarefas com o seu cão para que ele consiga gastar toda esta energia que está acumulada.

Características da Hiperatividade

No caso dos cães que apresentam a Hiperatividade os problemas são bem mais profundos. Mais do que simplesmente apresentar um comportamento agitado, os cães com a doença não conseguem se concentrar em nada e querem fazer todas as atividades ao mesmo tempo. Não conseguem ficar calmos nem mesmo quando estão canados, e é justamente por isso que as pessoas devem tomar cuidado.

A Hiperatividade nos cães está relacionada com um fator genético. Por isso os veterinários recomendam que os cães que apresentam esta característica não devem cruzar.

O tratamento pode ser feito com a administração de medicamentos controlados e também e também observações em ambiente clínico. 

Postado em .


Pela Web

Comentários