Fofuxo.com

Rhodesian Ridgeback

Uma raça originada da África do Sul. Veja suas características físicas, temperamento, saúde, fotos e ficha técnica completa.

O cão da raça Rhodesian Ridgeback é originário da região da África do Sul. Seus antepassados diretos são cães europeus, sendo que estes são citados como pioneiros junto da colonização do que era chamado de Colônia do Cabo. O cruzamento resultante a esta raça veio juntamente aos cães semidomesticados de raça uma, raça bastante comum no chamado Khoikhoi.

O cão também era conhecido como o Cão Van Rooyen do Leão, ou Africano Lion Hound ou Africano Lion Dog - Simba Inja em Ndebele. Era assim chamado por se manter com o porte de um leão na baía enquanto aguardava eu dono para realizar a matança.

Rhodesian Ridgeback

Seu padrão de raça original foi elaborado por FR Barnes, em Bulawayo (Rodésia do Sul) o que é atualmente chamado da região de Zimbábue. Baseado no padrão de dálmatas, este passou a ser aprovado pela organização sul americana de raças a partir do ano de 1926. Conheça a seguir um pouco da história do Rhodesian Ridgeback.

Origem

Rhodesian RidgebackOs cães de Khoikhoi ocuparam as regiões da Península do Cabo por volta de 1700, nesta época os holandeses começaram a negociar com quem ficaria a área. Estas pessoas tinham um cão que era utilizado para caça, descrito como um cão bastante feio porém muito conhecido por sua ferocidade e bravura ao atuar como um cão de guarda.

O cão macho teria uma medida de 46 cm além de contar com uma estrutura enxuta porém bastante musculosa. Suas orelhas foram descritas como pequenas e arqueadas, sua característica mais marcante da raça era o comprimento de seu pelo que cresce no sentido inverso ao longo de sua cola.

A partir de 1860 os colonos europeus trouxeram uma grande variedade de cães de raças diferenciadas para esta região da África, o que incluiu raças de cães grandes dinamarqueses, foxhounds, terriers, greyhounds, entre outros. Estas raças por sua vez foram cruzadas com cães indígenas africanos, inclusive os cães da região chamada de Khoikhoi o que teria gerado grandes cães de caça.

Um dos seus ancestrais era semi-selvagem, costumava ser bastante utilizado para a guarda, era de tamanho médio e bastante rústico. Acredita-se ainda que o cão teria vivido no Egito Antigo há mais de 4 mil anos antes de cristo e teria cruzado o continente. Sua crista certamente veio da parte africana de cruzamentos e os cruzamentos europeus foram responsáveis por seu tamanho, seu faro, sua mordida e velocidade também vieram das misturas com os cães europeus.

Foram realizados registros oficiais deste cão apenas a partir de 1915 onde foram criadas todas as características, bem como as qualidades que a raça que admiramos atualmente existe, estes primeiros criadores realizaram um estudo muito elaborado para que pudessem criar uma versão quase perfeita da raça destes cães.

Características

Rhodesian RidgebackO Rhodesian Ridgeback é um cão bastante forte, musculoso e de grande porte. Costuma ser fácil de ser criado e mantido pois é um cão bastante limpo, inteligente e obediente. É um cão que não costuma ser barulhento e nem mesmo briguento.

Se for necessário e lhe for solicitado poderá ser bastante ativo e veloz. Mas também não deixa de ser um cachorro muito companheiro naquela hora de preguiça. É um cão capaz de ficar horas e horas estirado no tapete enquanto o seu dono lê jornais ou revistas. Com as crianças, é um cão bastante paciente e nunca se mostra com temperamentos agressivos a não ser que passe por algum tipo de problema de saúde.

Sua característica mais marcante quanto a sua raça é o pelo na linha do dorso, que sempre cresce em direção oposta ao restante do seu corpo. Sua altura varia de entre 61 a 69 cm e seu peso varia entre 29 a 39 quilos. Cães com medida ou peso fora destes padrões devem ser desconsiderados para criação, porém para ter como cão de companhia não existe problema algum.

É conhecido também como African Lion Hound (Hound de Leão Africano) e como características físicas podemos citar que o cão é bastante resistente as temperaturas da selva africana onde durante o dia a temperatura é altíssima ficando durante a noite abaixo de zero. Tem a capacidade de ficar 24 horas ou mais sem beber água.

A raça não foi desenvolvida para que matasse animais de caça mas sim os acuar e intimidar, sempre procurando dominar as presas, sem as tocar ou as agredir fisicamente. Esta raça poderá contar com funções de cão farejador, policial e cão de pastoreio.

Temperamento

Rhodesian RidgebackO cão da raça Rhodesian Ridgeback é bastante leal, inteligente e um tanto arredio para pessoas estranhas. Isto certamente não deve ser confundido com agressão, quando possuem temperamentos mais adequados estão inclinados a ignorar em vez de desafiar os estranhos. Esta raça requer sempre comportamentos positivos, procurando sempre por recompensas.

A utilização de treinamentos baseados na socialização e consistência com profissionais auxiliam no temperamento do cão, que caso não tenha este acompanhamento não é recomendado para donos de cães menos experientes já que ele poderá ser bastante teimoso.

Os Ridgebacks possuem um temperamento bastante forte, inteligente, e inclusive muitos exemplares parecem ter uma grande inclinação para maldades, apesar de amarem seus donos. São protetores excelentes para as suas famílias. Se forme bem treinados poderão ser considerados excelentes cães de guarda, apesar de esta característica em particular não existir como um padrão da raça.

Como qualquer cão ele poderá se tornar agressivo caso não seja socializado corretamente.

Apesar do cão ter um porte atlético, impondo poder, ele possui seu lado sensível. Se forem realizados métodos de treinamento extremamente severos, podem se tornar excelentes cães de caça ou trabalho. O cão aceita correção desde que possa ser justo e justificado, sendo assim é sempre necessária que a repreensão aconteça por alguém que ele conhece e confia. O tratamento áspero jamais deverá ser realizado com o cão, principalmente quando mais jovens já que eles poderão ficar extremamente tristes ou virarem verdadeiras feras.

Pelagem

Sua pelagem é bastante curta, densa e brilhante, com cor de trigo pálido ou mesmo fulvo avermelhado. Contam com uma pequena mancha branca no peito e na ponta de seus dedos o que também é aceito.

Habilidades

Rhodesian RidgebackComo citado anteriormente, como habilidades principais a raça foi criada e adaptada para a intimidação e não o ataque, até mesmo o domínio de presas durante a caça é uma característica marcante dos Ridgebacks. Este ataque acontece sem mesmo tocar ou agredir fisicamente as presas. A raça poderá ter uma função de cão farejador, policial e ainda pastoreio.

Por ser um cão de grande porte o Rhodesian Ridgeback deverá ser criado em grandes espaços, onde ele possa realizar sessões diárias de exercícios e corridas.

Caso o dono queira correr com o cão, que se prepare pois o Rhodesian Ridgeback é muito rápido e não se cansa fácil. É um exímio saltador, chegando a saltar até 2 metros de altura, o que exige cuidados do cão com portões que sejam mais baixos. Também é importante que esta caracteristica seja levada em consideração no momento que a pessoa estiver pensando em construir uma cerca ou um muro para guardar esta raça, já que se não for uma construção alta ele poderá facilmente pular.

É um cão silencioso, não late por qualquer motivo, quando ele der um alarme porém é preciso conferir já que alguma coisa está errada.

Sua desconfiança com estranhos é um padrão oficial de sua raça, caso um desconhecido invada seu território, o Rhodesian Ridgeback parte para cima com destemor e valentia.

Saúde

Rhodesian RidgebackTodos os cães da raça precisam de vacinas anuais, vermífugos, e ainda assim como os humanos consultas de rotina. Precisam de medicamentos contra pulgas, carrapatos, e podem precisar de caros tratamentos de saúde em alguns casos, por isso é interessante saber se terá condições de sustentar um cão desta forma.

Quando pequenos possuem dentes extremamente afiados e uma mandíbula poderosa tanto quanto a de um Dobermann. São capazes de fazer imensos estragos em mesas, sapatos e tudo o que encontrarem pela frente, por isso um treinamento com caixa ou cercado poderá lhe ajudar a conseguir proteger a casa.

Um Rhodesian quando está sozinho e entediado poderá ser um grande desastre e poderá até mesmo danificar seriamente a sua saúde ingerindo objetos.

Apesar destas particularidades os cães da raça Rhodesian Ridgeback não são de difícil paladar para alimentos. Existem alguns criadores que alertam que este cão pode apresentar um comportamento um tanto quanto esganado, querendo comer toda hora.

Apesar dos donos terem vontade de ficar alimentando o animal o tempo todo, é importante que se siga a risca a hora de dar comida par aos cães.

Não são cães que possuem problemas genéticos e raros são os casos onde ocorrem displasia de ancas e problemas de catarata nos olhos.

Ficha Técnica do Rhodesian Ridgeback

Ficha Técnica do Rhodesian Ridgeback
Nome Original Rhodesian Ridgeback
País de Origem África do Sul
Porte Grande
Utilização Caça
Cuidados Especiais Necessita de treinamentos baseados na socialização.
Características Físicas Cabeça: crânio reto, largo, com focinho longo e poderosas mandíbulas. Olhos: redondos, brilhantes. Orelhas: tamanho médio, afinando nas pontas que são levemente arredondadas. Corpo: balanceado, musculoso, com movimentos poderosos e ágeis.
Altura média Macho - 61 a 69 cm • Fêmea - 61 a 69 cm
Peso médio Macho - 29 a 39 kg • Fêmea - 29 a 39 kg
Expectativa de Vida 12 a 15 anos
Cor da Pelagem Trigo e fulvo com mancha branca.
Tipo da Pelagem Curta, densa e brilhante.
Temperamento Leal, inteligente, ágil.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários