Fofuxo.com

Pug

Fofinho é o seu sobrenome. Uma raça excelente para companhia. Veja suas características, galeria de fotos e ficha técnica.

O Pug é um cão considerado um cão sagrado para os chineses, sendo que é esta sua origem. Esta afirmação certamente é baseada pelo fato de que foram encontrados fósseis de cães similares na China nos anos de 1700 A.C. Apesar disto apenas quando foi levada para a Europa pelos holandeses e em seguida pelos ingleses é que a raça contou com o seu padrão atual.

Aos poucos o cão foi adotado pela realeza europeia, sendo o cão preferido de Josefina, esposa de Napoleão Bonaparte. Com sua grande popularidade, o cão conquistou diversos nomes dependendo do país.

Pug

Conheça um pouco mais sobre esta que é uma das raças mais queridas pelos tratadores de cães e profissionais do ramo de exposição.

Origem

PugA origem do Pug, como citada anteriormente, começou provavelmente na China, onde os cães eram conhecidos como “Short Mouthed Dogs”, ou cães de “boca curta”. Costumam ser descritos em escrituras que datam aproximadamente 700 A.C. Para se ter ideia da importância deste cão, no ano de 950 depois de cristo o imperador Kang Hsi teriam elaborado um dicionários com todos os símbolos chineses, e nele existem duas referências que descrevem algumas das principais caracteristicas físicas destes animais. 

A partir do ano de 1300 D.C, podiam ser encontrados três espécies diferntes de um mesmo cão, sendo que cada levava um nome diferente: Lo-sze, o Pequinês e o Lion Dog. Estes são parentes próximos do Pug. Estas três pequenas raças eram cruzadas frequentemente entre si, nascendo assim os descendentes com características variadas, como cães de pelo curto e longo, em uma mesma ninhada.

A partir do final do século XVI a China passou a começar uma grande negociação com países europeus bem como Portugal, Espanha, Holanda e Inglaterra. Estes cães eram levados ao ocidente como um presente pelos comerciantes e começaram assim uma ascensão de popularidade do cão da raça Pug na Europa.

Pouco a pouco os Pugs foram aparecendo na Europa, começando pela Holanda, em consequência da chamada famosa companhia mercantil da chamada Dutch East India Company.

A raça passou a ser chamada de Pug na residência de William III e Mary II, nobres que ocuparam o trono da Grã-Bretanha no ano de 1688. Os Pugs pretos foram documentados em uma pintura de William Hogarth, datada do século XVIII (House of Cards, 1730). Este artista era um proprietário de diversos exemplares dos animais, ilustrando muitos deles em suas pinturas. Graças a ele existem registros excelentes de sua aparência há mais de 250 anos atrás.

O cão passou então a ser muito popular em toda a Europa, sendo chamado de Carlin na França, Dogullo na Espanhoa, e Mops na Alemanha. Sua raça foi popularizada por Josephine Bonaparte, proprietária do Pug nomeado “Fortuna”. Goya realizou pinturas de Pugs na Espanha no ano de 1785, mostrando a raça com as orelhas cortadas em suas representações.

Características

PugOs Pugs não podem ser confundidos com Buldogues Franceses, com orelhas caídas e não são também mini-Mastiffs ou mini-Bullmastiffs como podem parecer a primeira vista. Não possuem relação com os shar pei. A raça mais próxima do Pug é o pequinês que apresenta uma origem bastante comum e similar.

Esta raça é classificada como cão de companhia, fazendo parte de grupos de cães toys ou de companhia. Devem contar com um peso equivalente a 6,3 e 8,1 kg sendo cães pesados para a sua estatura. Sua aparência geral deverá ser quadrada e maciça, devendo mostrar a aparência de ter muita substância e um pequeno volume, o que irá transparecer em sua forma compacta. É um cão bastante proporcional e possui uma musculatura bastante firme.

A cabeça do cão da raça Pug deverá ser redonda olhando-o de frente. Quando for observado de perfil seu focinho deverá ser chato. Os olhos de um Pug costumam ser redondos, escuros, expressivos e ainda cheios de vida. Suas orelhas costumam ser ajustadas na cabeça devendo ser pretas. As rugas da face de um Pug devem ser profundas e fáceis de ver, dentro delas sua cor é mais escura do que fora. Devem ainda como uma característica marcante existir uma grande ruga sobre o nariz.

Sua cauda deverá ser implantada acima de sua garupa, devendo ser fortemente enrolada. A cauda possui um formato duplamente enrolado, sendo que este padrão acaba sendo o que é aceito pelos criadores, porém a única volta apertada é aceitável. Os cães possuem duas cores basicamente que é o abricot e várias tonalidades de preto.

Pelagem

O cão da raça Pug deverá contar com um pelo fino, liso, macio, curto e brilhante, não sendo nem mesmo áspero nem lanoso.

Como cores mais comuns encontradas deverá existir cores prata, fulvo ou preto. Cada uma delas claramente definida para que se possa fazer um completo contraste entre as cores. O traço deverá ser uma linha preta que vai desde a região occipital até a sua cauda e uma máscara negra. Estas marcas deverão ser claramente definidas ao cão. Seu focinho ou máscara, as orelhas, sinais nas bochechas, marcas de polegar ou diamante na testa deverão contar com um tom mais preto possível.

Temperamento

PugO Pug é bastante fiel ao dono, se tornando facilmente um companheiro inseparável. Na verdade ele acompanha sempre seu dono para todos os lados mesmo sem ser convidado. É um cão extremamente sociável e rapidamente se enquadra e se adapta a ambientes com pessoas estranhas. É considerado como um dos cães de raças mais dóceis.

Outra característica interessante e diferenciada é o seu latido, que possui um som muito parecido com um roncar, além disto é intervalado por grunhidos como se ele estivesse na verdade engasgado. Apesar disto, quando quer se comunicar o som se torna mais agudo e também longo.

De acordo com livros de inteligência canina, o Pug se encontra em posição superior a 50 entre as raças pesquisadas no quesito inteligência e adestramento, bem como obediência e comandos.

Habilidades

O Pug é um cão considerado cheio de vontade própria, e não faz o estilo obediente. Não costuma acatar comandos ou ordens, somente se lhe forem convenientes. É claro que seus donos, se souberem os educar com disciplina, poderão até mesmo driblarem este estilo teimoso de ser. O sucesso total é virtualmente impossível. Quando estes exemplares da raça não estão a fim de fazer algo simplesmente não fazem. Parece que de uma hora para outra simplesmente não escutam mais seus donos. O cão não é travesso e nem ativo demais, está sempre pronto para brincar, e raramente suas desobediências oferecem transtornos.

Vivem surpreendendo os donos e são aqueles cães que desaparecem ao menor sinal de tomar banho ou visitar o veterinário. Tendem a aprender a abrir portas, são versáteis para resolver alguns problemas como por exemplo tirar brinquedos debaixo de móveis.

Costumam testar todas as frestas, com as patas, boca e se não conseguem chamam à atenção do dono para que lhe ajudem a resolver uma missão impossível.

Saúde

PugComo qualquer outro cão, deverá sempre ser alimentado somente com rações de boa qualidade, principalmente super premium e ter sempre água limpa e fresca a sua disposição. É muito importante evitar doces, alimentos gordurosos e ainda condimentados. Muito dos cães possuem uma tendência a obesidade, se devendo limitar a quantidade de ração que para os adultos deverá ser oferecidas duas vezes ao dia.

Os Pugs precisam de atenção em vários detalhes. Requerem cuidados especiais apesar de serem excelentes companheiros, contam com algumas desvantagens, mas é preciso sempre se ter um bom jogo de cintura para ajudar na saúde do nosso amigo.

Quanto a sua beleza, é preciso escovar o Pug pelo menos uma vez por semana, para que a sua pelagem fique bonita.

Suas rugas devem ser limpas a cada três dias. É importante ainda que para a parte interna seja limpa com cuidado e não fique úmida já que existe um risco de proliferação de fungos e assaduras. Procure utilizar a solução de Thiersch para a limpeza das rugas. Ela limpa retirando as impurezas e deixando esta área sequinha, evitando assim umidade que provoca mau cheiro e inflamações.

Por terem seus olhos saltados, os cães da raça Pug precisam de uma atenção especial com os olhos, procure sempre os limpar com soro fisiológico, tendo sempre o cuidado de enxugar o excesso com gaze para que as dobras não fiquem úmidas. Se perceber muita secreção procure não hesitar e leve ao veterinário pois infecções mais graves poderão levar seu amigo a perda da visão ou dos olhos.

O dono também poderá ter alguma dificuldade na hora de dar banho no animal. Alguns até mesmo podem ser acostumar com a água, principalmente se forem treinados para isso desde pequeno, mas a maioria não gosta muito da hora do banho.

Doenças genéticas fora o que já foi citado certamente não é comum nestes cães, devido as suas linhagens mais puras, é claro que o cão por ser de pequeno porte inspira cuidados.

Ficha Técnica do Pug

Ficha Técnica do Pug
Nome Original Pug
País de Origem China
Porte Pequeno
Utilização Companhia
Cuidados Especiais Necessita de uma atenção especial com os olhos, procure sempre os limpar com soro fisiológico.
Características Físicas Cabeça: redonda. Olhos: redondos. Orelhas: caídas e pretas.
Altura média Macho - 30 a 40 cm • Fêmea - 29 a 36 cm
Peso médio Macho - 11 kg • Fêmea - 6,3 a 8,1 kg
Expectativa de Vida 12 a 15 anos
Cor da Pelagem Preta, prata e fulvo
Tipo da Pelagem Fina, lisa, macia, curta e brilhante
Temperamento Fiel e dócil

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários