Fofuxo.com

Pequinês

Pequeno, mas notável. Ótimo cão para companhia. Conheça sobre sua origem, pelagem, veja fotos e ficha técnica completa.

O Pequinês é uma raça bastante antiga de cão miniatura originário da China. De acordo com as lendas locais, este pequeno canino é o resultado de um amor impossível entre um leão e uma pequena macaca. Estes animais que tiveram a ajuda de um deus chamado Hai Ho, o leão sacrificou todo o seu tamanho por amor, nascendo o pequinês, bravo como seu pai, pequeno, inteligente além de doce como a sua mãe.

Ao que se sabe de concreto, estima-se que a raça exista há mais de 4 mil anos, apesar de ter se tornado bastante conhecida apenas a partir da ascensão do Budismo, quando conquistou o estatuto de animal sagrado sobre o nome de leão de Buda, vivia isolado por muito tempo na Cidade Proibida. Apesar disto, somente a partir de 1860 foram levados para o ocidente.

Pequinês

Sua personalidade costuma sempre ser descrita como de um cão ativo e independente, o que é um grande desafio para donos inexperientes. Sua independência talvez esteja ligada ao fato de que o cão Pequinês é um dos menos inteligentes conhecidos. É considerado, porém, como um bom cão de alarme, ainda que sejam muito conhecidos por ignorarem as pessoas que não façam parte de seu dia a dia. Mas não deixa de ser um cão que se torna um excelente companheiro, especialmente para crianças ou pessoas que ficam mais sozinhas e que moram em locais menores, como um apartamento.

É pequeno, bem equilibrado e valente. As lendas podem até mesmo terem seu fundo de verdade, porque realmente contam com um aspecto leonino e independente, sempre capaz de se defender caso se sinta prejudicado.

Origem

PequinêsPossui mais de 2 mil anos de idade, e praticamente não mudou fisicamente com o passar dos anos devido a ficarem praticamente reclusos por muito tempo na cidade proibida de Pequim.

A raça foi originária na China antiga, uma recente análise de DNA confirmou que a raça pequinês é uma das mais antigas raças de cães, um dos que menos divergiu do lobo com o passar do tempo. Por muitos séculos, eles eram propriedade exclusiva de membros do Palácio Imperial Chinês.

Durante a chamada segunda guerra do ópio, no ano de 1860, o antigo palácio de verão em Pequim, teria sido saqueado por tropas britânicas e francesas. O imperador Xianfeng fugiu com toda a sua corte para a cidade de Chengde. Apesar disto, uma tia idosa do imperador teria ficado Quando as tropas britânicas e francesas entraram ela cometeu suicídio. Junto dela foram encontrados alguns pequineses, de acordo com relatos do ataque, teriam sobrado apenas cinco pequineses. Estes foram removidos pelos aliados antes da invasão do palácio de verão e o restante foi tudo destruído pelo fogo.

Na virada do século, os cães da raça Pequinês se tornaram muito populares nos países ocidentais. Eles eram de propriedade de árbitros de moda, bem como a rainha Alexandra e Elsie de Wolfe importante decorador de interiores.

Características

PequinêsO cão Pequinês possui um tamanho de no máximo 23 centímetros, os machos e fêmeas não diferem muito de tamanho, podem em alguns casos ser menores. Os exemplares da raça que são menores, costumam se chamar pequinês luva ou manga. Este nome é atribuído a tempos antigos quando os imperadores costumavam carregar os menores da raça em suas mangas. O pequinês é um pouco mais longo e alto, quando medido do antepeito para as nádegas.

Todos os diversos padrões de raça permitem que existam diversos tipos de combinações de cores. A maior parte dos pequineses possuem tons de ouro, vermelho ou negro.

O Pequinês é um cão bem equilibrado e valente, o seu aspecto é semelhante ao de um felino, sempre independente e capaz de se defender. O peso fica no máximo entre 2 a 8 kg.

Seus olhos são grandes, cristalinos, de cor escura e brilhante, costumam ser levemente proeminentes e redondos. Suas orelhas, em forma de coração, costumam ser providas com longas franjas. O pescoço normalmente é um pouco curto e grosso. O tronco é curto, mas com tórax amplo. A sua cauda é de inserção alta, posição rígida, levemente curva sobre o dorso, com franjas abundantes. A sua pelagem é longa e reta como crinas abundantes que se estende atrás dos ombros formando uma espécie de coleira ao redor do pescoço.

Seus pelos costumam ser bastante vastos, com franjas abundantes nas orelhas, nos membros e nas coxas, na cauda e também nos pés. Todas as cores e manchas são admitidas, apreciadas igualmente com exceção do cão albino e da cor de fígado. Os exemplares que são multicoloridos geralmente apresentam manchas bem definidas.

Pelagem

PequinêsO tipo de pelo é o fator menos importante nesta raça, é importante que eles tenham um determinado tamanho, que não pode nem ser muito curto e nem muito grande, de forma a manter o seu coro com um formato que pode lembrar ao de uma pera. A raça possui uma juba ampla e frondosa, como um leão, conta com orelhas com franjas negras e compridas, sempre designadas como brincos. É possível ainda se encontrar calções ou saiotes traseiros, longos, franjas abundantes nas patas e cotovelos, além de cauda frondosa e vasta.

A pelagem de cobertura é vasta, com franjas abundantes nas orelhas, membros, coxas, caudas e pés. A pelagem geral da raça Pequinês é longa e reta, com crinas abundantes que se estendem atrás de seus ombros com uma formação semelhante a uma coleira ao redor do seu pescoço.

Temperamento

O Pequinês é um cão caracterizado pelo seu comportamento de ciúme e também teimosia. Costuma conviver bem com as pessoas e também outros animais, precisa de um treinamento e socialização. Do contrário poderá ter momentos de agressividade com pessoas desconhecidas ou mesmo outros cães.

Costumam não obedecer bem as ordens dos seus donos. É um cão ainda ativo e embora se adapte muito bem em pequenos ambientes necessita de atividades físicas e caminhadas. É um cão bastante fiel que protege os donos em casos de perigo, e por ser um cão de porte pequeno costuma se alimentar com pequenas quantidades de alimento.

Habilidades

PequinêsO Pequinês não é considerado um cão de muitas habilidades, por pertencer a uma das raças mais antigas do mundo, também é considerado como um dos cães mais sedentários do mundo. Sendo propriedade exclusiva da corte imperial chinesa, sempre muito paparicado, venerado e honrado, era e até hoje continua sendo um grande protetor de seu dono, dizem as lendas que quando seu dono morria ele se sacrificava.

É um excelente companheiro para crianças, adora brincar, e se divertir, porém é extremamente temperamental e somente realiza as atividades que julga interessante porém apenas quando ele assim designar.

Saúde

PequinêsO Pequinês adora realizar passeios fora de casa e também dentro do lar, quem sabe uma brincadeira. Estes cães podem facilmente morrer de problemas no coração, precisam de ar condicionado em dias que forem mais quentes por serem originários de climas extremamente frios. Pode passar a maior parte do tempo nos quintais em clima ameno, porém devem dormir sempre dentro de casa para não se prejudicar.

É um cão excelente para viver em apartamentos. Sua pelagem precisa de uma escovação diária, para evitar possíveis infecções. Sua pelagem em volta do ânus precisam sempre ser inspecionada para não acumular sujeira. Eles tem uma grande tendência a roncar.

A raça é bastante sensível a anestesias e não toleram de forma alguma temperaturas quentes. Como doenças genéticas, podem desenvolver problemas de desgaste de córnea.

O cruzamento do cão acontece através de inseminação artificial, e o parto normalmente é realizado através de cesariana, devido ao pequeno tamanho do cão, ele poderá morrer caso seja realizado um parto convencional.

Sua expectativa de vida é bastante longa, poderá viver entre 13 a 15 anos ou até mesmo mais tempo, existem registros de que cães da raça viveram por mais de 20 anos porém não se tem uma confirmação científica referente a esta informação.

Ficha Técnica do Pequinês

Ficha Técnica do Pequinês
Nome Original Pequinês
País de Origem China
Porte Pequeno
Utilização Companhia
Cuidados Especiais É necessário escovar os pelos dos pequineses ao menos três vezes por semana;
Características Físicas Olhos: grandes redondos. Orelhas: em formato de coração com franjas negras e compridas. Corpo: curto
Altura média Macho - 23 cm • Fêmea - 23 cm
Peso médio Macho - 2 a 8 kg • Fêmea - 2 a 8 kg
Expectativa de Vida 13 a 15 anos
Cor da Pelagem Ouro, vermelha e preta
Tipo da Pelagem Longa e reta
Temperamento Ativo, independente, dócil, leal e corajoso.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários