Fofuxo.com

Pastor Belga

Uma raça originada da Bélgica. Veja tudo: história, temperamento, características físicas, galeria de fotos e ficha técnica completa.

O cão Pastor Belga é uma raça que pode causar uma certa confusão, isso porque recebe diferentes classificações dependendo do país. Nos Estados Unidos, por exemplo é conhecido como Belga Malinois. Seu nome vem do francês Mechlinian e também do holandês Herdershond Mechelse ou "Mechelse Scheper”.

Este é um cão bastante utilizado para tarefas de campo, como a detecção de odores e também explosivos, locais com perspectivas de incêndio, narcóticos, rastreamento de seres humanos em acidentes, e também a apreensão de suspeitos nos trabalhos de investigação policial, além de fazer parte de campanhas de busca e salvamento de bombeiros.

Pastor Belga

Como um padrão geral de raças, o Pastor Belga é um cão que possui um casaco curto em tons de mogno com marcações pretas.

Possui cores pretas nas orelhas, estas que são eretas e um focinho preto, sua construção é quadrada e apesar de ser um cão próximo é um pouco diferente do Pastor Alemão.

Conheça a seguir algumas informações bastante importantes e relevantes sobre esta cão que certamente faz muito sucesso entre as pessoas em várias regiões do mundo.

Origem

Pastor BelgaNo final de 1800 existia na Bélgica um grande número de cães que eram condutores de rebanhos, que contavam com um tipo de pelagem heterogênea e de grandes diversidades. Com a finalidade de colocar um pouco de ordem nisto, vários cinófilos apaixonados começaram a organização de um grupo, este que era fundado por A. Reul, da Escola de Medicina Veterinária de Cureghem que é o verdadeiro pioneiro de fundação da raça.

A raça passou a existir oficialmente entre os anos de 1891 e 1897, onde foi então fundado em Bruxelas o chamado "Clube do Cão do Pastor Belga", no mesmo ano foi também organizada uma reunião que contou com mais de 117 cães o que teria permitido realizar um recenseamento da raça escolhendo assim os melhores exemplares.

Nos anos que se seguiram os criadores investiram pesad na seleção destes animais, fazendo com que os resultados conseguissem se aproximar do padrão da raça atual. 

A partir do dia 3 de abril de 1892 houve um primeiro standard bem detalhado da raça, criado pelo então chamado Clube do Cão do Pastor Belga. A raça passou então a ser admitida com três variedades de pelos.

Apesar disto nesta época poucas pessoas tinham um cão da raça Pastor Belga, e a raça não tinha um prestígio. Devido a estes fatores foi apenas em 1901 que os primeiros cães pastores Belga foram registrados através do livro de Origens da Société Royale de SaintHubert  (L.O.S.H.).

Nos anos seguintes os dirigentes do grupo, trabalharam consideravelmente com a tenacidade de unificar os tipos e ainda corrigir os defeitos dos cães. Com isto pode-se dizer que a partir de 1910 o tipo e o caráter do cão Pastor Belga teriam se fixado. Durante toda a história do Pastor sempre houve a questão de diversas variedades e cores que seriam admitidas, dando lugar a muitas dúvidas sobre a pureza da raça. Apesar disto, quem conhece a morfologia dos cães da raça bem como seu caráter, certamente não terão desacordos devido a sua grande aptidão ao trabalho.

Características

Pastor BelgaO Pastor Belga é um cão de aparência mediana, proporcional, juntando condições de elegância e poder, possui um porte médio de musculatura, seca e forte. Um cão bastante rústico e acostumado a vida ao ar livre, criado para que possa resistir as variações atmosféricas que são bastante comuns no clima belga.

Pelas harmonias de sua forma, e seu porte altivo da cabeça, o Pastor Belga deverá dar a impressão de ter um elegante robustez, o que se tornou um atributo de representantes selecionados de uma raça que seria teoricamente de trabalho.

O cão Pastor Belga, nos processos de exposição, são julgados pelas suas posições naturais, sem que se tenha um contato físico com o apresentador.

São considerados cães campeões na realização de diversas atividades, provas de obediência entre outras coisas. Nas exposições de cães, bem como exposições de beleza, certamente chamam muito á atenção e se tornam populares com os participantes.

De acordo com diversos estudos, nos pastores Belgas a variedade de pelagens remonta a época onde o cão era utilizado em diversas funções, assim como seu comportamento e qualidades físicas eram interferidos de forma genética nestes sentidos de função.

Temperamento

Pastor BelgaOs cães da raça Pastor Belga, desde que bem treinados e educados são cães ativos, apresentam um grande nível de energia que.

Aliás, alguns pesquisadores apontam que esta raça é uma das mais ativas e energéticas entre todas as outras raças de cães. Grande parte desta energia se concentra nos cães filhotes e jovens, até eles completarem seus três anos idade. A partir deste momento, costumam ficar mais calmos.

São cães que poderão ser destrutivos ou mesmo desenvolver comportamentos que sejam neuróticos, caso não seja previsto um estímulo suficiente para o exercício, o que poderá muitas vezes causar problemas para os proprietários que não estão acostumados e com esta raça e não são preparados para oferecer este tipo de exercício exigido pelo cão. Costumam ser cães um pouco desobedientes, especialmente quando estão passando por um processo de treinamento.

A raça de cães Pastor Belga é dividida em quatro tipos de cães, que são bastante semelhantes, fisicamente porém a cor da pelagem e seu temperamento podem ser diferenciados, por isso é interessante fazer um estudo mais profundo sobre a raça para que não se tenham problemas.

Por ter uma altura entre 60 e 66 cm para os machos, e as fêmeas serem levemente menores, os cães Pastores Belgas são bastante ágeis, costumam correr muito e gostam muito de brincar. Caso não recebam a devida atenção, costumam correr em direção ao seu dono sem parar ocasionando atropelamentos ou mesmo realizam mordidas leves nas canelas para chamar á atenção, por isso é interessante realizar um treinamento com este cão para que não ofereça problemas nem mesmo ataques indevidos já que o cão poderá confundir as pessoas e ter reações inesperadas.

Pelagem

Pastor BelgaA cor da pelagem entre outras características diferenciam muito cães Pastores Belga. Exemplares, por exemplo, como Pastor Belga Tervueren, o Pastor Belga Malinois, o Pastor Belga Laekenois e o Pastor Belga Groenendael, são diferentes entre si.

Seu pelo costuma ser de variedade e comprimento de direção e aspecto variado, este ponto é adotado para distinguir as quatro variedades listadas acima. Em todas as variedades, porém, o pelo deverá sempre ser denso, fechado e de boa textura, contando com um subpelo lanoso e uma ótima cobertura protetora.

Em sua cabeça o pelo é curto, na face e nas orelhas bem como parte inferior dos membros o cão possui as chamadas franjas. Seu pelo é liso e abundante, podendo ser escovado semanalmente.

Habilidades

O Cão Pastor Belga possui diversas habilidades, em diversos países do hemisfério norte, é utilizado como um cão de trabalho para proteção pessoal é utilizado frequentemente por bombeiros e o Serviço Secreto dos Estados Unidos. São as raças preferidas para utilizar neste tipo de trabalho.

O cão ainda poderá ser utilizado tanto em esportes de proteção como pastoreio, chamando muito á atenção por sua destreza e simpatia para com as pessoas. É um cão que não costuma ser intimidado, mesmo em grandes multidões.

Saúde

Pastor BelgaA média de vida do Pastor Belga fica em torno de 12 a 14 anos. São associadas a sua raça uma série de problemas de saúde e doenças, alguns mais comuns são a catarata, episódios de epilepsia, doenças de tireoide, atrofia progressiva de retina, displasia de ancas, e pannus, apesar destes problemas aos poucos estarem sendo minimizados em cruzamentos seletivos.

A raça, em contra partida, é bastante resistente a problemas de saúde cotidianos, como dores de ouvido, febre e também dores de garganta. Algumas das doenças que foram citadas podem aos poucos serem excluídas através de cruzamentos selecionados, por este motivo é muito importante que exista uma análise detalhada do cão, que faça com que ele seja analisado por seu condicionamento. Ao adquirir um exemplar, caso não possa conhecer os pais do cão, procure analisar as características do filhote bem como seu temperamento, o que evita situações desagradáveis quanto a problemas de raças e doenças que podem acontecer frequentemente.

Saiba mais sobre algumas das doenças mais comuns da raça:

  • Pannus: Ocorre quando os vasos sanguíneos dos olhos incham e cobrem parte do seu globo ocular, dando a impressão de que está coberto por um pano, causando gradativa cegueira. Em geral aparecem entre cinco e sete anos de idade nos cães, porém existe um tratamento a base de esteroides como cortisona que não elimina o problema porém evita que ele avance.
  • Displasia: é um problema de má formação óssea entre o quadril e as pernas, bastante comum em cães de grande porte, a verificação da doença é realizada através de radiografias, causando dificuldade de movimentação podendo deixar o cão aleijado.

Você também vai querer ler...

Comentários

Mais Raças de Cachorros