Fofuxo.com

Laika

Um belo cão de caça, originado da Rússia. Veja suas características, temperamento, fotos e ficha técnica completa.

Laika é uma expressão, ou para outras nacionalidades um nome genérico dado para diversas raças de cães que vivem no norte da Rússia e também da Sibéria Oriental, o chamado Laika da Yakutia. Esta que foi a raça de um cão de curra, que vivia solta na cidade de Moscou e foi o primeiro animal a ser encaminhado para o espaço, no ano de 1957 e também foi o primeiro a morrer em órbita.

Os exemplares são encontrados entre tamanhos de 52 e 58 cm para os machos e para as fêmeas entre 50 e 56 cm. Em alguns casos muito raros a fêmea pode ser maior do que o macho.

Entre as raças consideradas Laika estão: Laika de Karelia (o Karelo-Finés), o Laika Russo-Europeu e o Laika da Sibéria Ocidental, o Laika da Sibéria Oriental, o Laika da Yakutia e todas as raças consideradas de cães de caça que viviam no norte da Rússia.

Laika

Este é um grupo de cães que possuem porte médio e a típica aparência de raposas, assim como os Spitz. É um cão ágil, forte, e com uma estrutura constituída por membros rígidos e potentes. Nos exemplares é possível se encontrar cães com orelhas pequenas, pontiagudas e ainda sempre eretas. Este cão possui pelos que cobrem a parte interna de sua orelha.

O primeiro padrão da raça foi criado pelo biólogo KG Abramov a partir do ano de 1949, este que era baseado exclusivamente na Laikas da região do rio Amur. Este padrão de raças permaneceu ativo até os anos 60. Foi então que os chamados Pubred da Sibéria Oriental, Laikas começaram aos poucos a desaparecer, a partir de 1970 o governo passou então a estabelecer canis em Irkutsk e Leningrado, para que então houvesse a criação sistemática da Sibéria Oriental Laika.

Os cães eram utilizados para a caça, puxando trenós assim como também na condução de renas. Eram cães chamados indígenas que foram vistos guardando as casas de aborígenes e atacando os invasores da região.

A partir dos anos 80 a reprodução do cão começou a acontecer em grande escala, principalmente na Sibéria Oriental onde algumas divisões de Laika foram criadas, atualmente existem poucas variedades deste cão. O objetivo principal dos criadores da União Soviética é consolidar os modelos melhorando assim o nível de habilidade de caça deste cão de caça russo.

Origem

Esta raça veio formada pelos cruzamentos de raças que contavam com um parentesco próximos, que se chamavam Chanteisker e Mansijaker variedades da Laiki com os cães dos caçadores russos do Norte Uraliano e da Sibéria oriental.

Nesta região existia o chamado plantel nativo nas áreas onde a caça seria praticada. A raça é largamente distribuída na zona da Rússia central, onde é possível se encontrar diversos exemplares deste cão até mesmo cães de rua, surgindo assim grandes animais. Apesar disto em algumas áreas de caça existem diversos canis especializados na criação do chamado Laika Russo da Sibéria Ocidental.

Um dado bastante interessante e curioso sobre este grupo de raças, é que em tempos mais antigos, eram utilizadas pelos soviéticos em experiências médicas, sendo que este foi o principal motivo para que, posteriormente, a raça também fosse escolhida para experiências no espaço. Não se tem conhecimento se realmente a origem deste cão vem da Sibéria Ocidental, porém as indicativas seguem as informações que foram apontadas acima.

Características

Mastim dos PirenéusÉ um cão de porte médio, com uma estrutura óssea bem desenvolvida, mas ainda assim consegue ser menor e menos desenvolvida do que os cães de grande porte.

Sua região craniana possui um formato semelhante a de um triângulo equilátero, e o stop é apenas perceptível. Sua região facial conta com um focinho longo e também pontiagudo e seus lábios são secos e bem ajustados. A bochecha também possui um sistema padrão. Os cães possuem dentes brancos e uma mordedura em tesoura. Olhos ovais inclinados de cor escura além de orelhas erguidas de inserção alta e também pontiaguda.

No seu tronco, deverá ter uma linha superior padrão, cernelha bastante pronunciada, dorso forte e reto, peito que seja bem desenvolvido, costelas padrão e um ventre ligeiramente esgalgado. Sua garupa é constituída de uma musculatura forte e larga, além de ligeiramente inclinada.

A cauda do cão costuma ser forte, encaracolada e voltada para o dorso ou as nádegas do cão. Suas extremidades anteriores, contam com membros longos e musculosos, próprios para corridas a longa distância. Sua movimentação acontece na forma de trote curto, alternando assim com o galope. Sua pele é grossa e sem dobras. Caso o cão fuja destes padrões, não é recomendado para a criação.

Pelagem

A pelagem do cão é diferenciada, deve contar com pelos protetores, externos, duros e ainda com subpelos que são bastante desenvolvidos. Sua pelagem externa é reta e rústica.

Graças a um bom desenvolvimento do subpelo, possui esta característica por ser um cão de regiões muito frias. A pelagem externa serve para desviar o frio, parecendo um tanto eriçada e parece muitas vezes profusa. Na sua cabeça, orelhas e faces anteriores dos membros, a pelagem é curta na cernelha, pescoço, ombros e ainda face posterior dos membros, o pelo é mais curto formando uma barba em suas bochechas, um colar em seu pescoço e ligeiramente franjado na face posterior dos membros.

A cor da pelagem varia bastante, podendo ser encontradas em tons de sal e pimenta, ruivo e cinza em todas as nuances, sua cor é preta e permitida. Como também animais que tenham parte de sua coloração diferenciada e com manchas que sejam da mesma cor. Seu comprimento de tronco x altura de cernelha ficam da seguinte forma, para os Machos - 103 :107 cm e Fêmeas - 104 : 108

Temperamento

LaikaQualquer exemplar desta raça é bastante equilibrados e vivaz. Os cães adultos são bastante afeiçoados e gostam de passar grande parte do tempo juntamente a seus donos. E como são cães naturalmente caçadores, precisam de bastante espaço e também tempo para que possam brincar ou simular algumas caçadas, nem que para isso corram atrás de pequenos animais. Aliás, é muito importante que estes animais realmente tenha uma rotina de movimento, seja correndo de um lado para o outro dentro do pátio, ou seja dando caminhadas nas proximidades de casa.

Em seu país de origem, o cão é bastante utilizado para a caça, sendo que neste caso o cachorro acabou mantendo boa parte de suas características. O exemplar da raça Laika não é recomendado como um cão de companhia para algumas pessoas devido a sua rotina de atividades físicas vigorosas que devem ser realizadas.

Habilidades

LaikaOs exemplares desta raça costumam ser muito barulhento, o que lhe indica uma característica de grande liderança e proteção de regiões com grandes espaços. É superprotetor, assim como protege o seu ambiente por completo superprotege seus donos de qualquer tipo de ameaça que ele considere grave.

É um exemplar voltado principalmente para a caça, é utilizado para esta finalidade em poucos lugares na Europa e na Rússia, sempre em regiões mais frias, é um cão que não tolera calor, e possui grande facilidade para se deslocar e caçar inclusive em nevascas.

Existem relatos de que a raça de cães Laika também é utilizada para o transporte de trenós de suprimentos como medicamentos, alimentos, entre vários outros produtos nas regiões que não existe transporte, no extremo norte do planeta.

É um cão de guarda e companhia, que sempre vai obedecer aos comandos de seu dono. Geralmente trata-se de um cão de um dono apenas, por isso é importante que ele tenha um treinador apenas, sendo que esta pessoa é que vai passar a ditar algumas regras para o cão.

Saúde

Por ser uma raça que não possui muitas misturas é um cão que não precisa de muita proteção. Preparar o cão é tão fácil, que basta apenas realizar uma escova em seus pelos espessos uma ou duas vezes por semana. Não são necessários banhos frequentes para esta raça, caso isto aconteça os óleos naturais do pelo do cão acabam sendo eliminados, o que o deixa vulnerável quando á problemas de saúde.

Suas orelhas e dentes precisam ser limpos com uma frequência maior. Normalmente são encontrados depósitos de água e em seus dentes acabam ocasionando formações de tártaro, ou até mesmo cáries o que dificulta bastante a alimentação do cão. Não existem muitos registros de doenças especificas que possam ocorrer com esta raça. Geralmente trata-se de um cão que consegue suportar bem o frio e também as mudanças de temperatura.

Ficha Técnica do Laika

Ficha Técnica do Laika
Nome Original Laika
País de Origem Rússia
Porte Médio
Utilização Caça
Cuidados Especiais Precisa treinar suas funções físicas.
Características Físicas Cabeça: formato de triângulo equilátero. Olhos: ovais. Orelhas: eretas e pontiagudas.
Altura média Macho - 52 a 58 cm • Fêmea - 50 a 56 cm
Peso médio Macho - 25 a 40 kg • Fêmea - 25 a 40 kg
Expectativa de Vida 10 a 12 anos
Cor da Pelagem Ruivo e cinza.
Tipo da Pelagem Dura e reta.
Temperamento Equilibrado e viva.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários