Fofuxo.com

Cirneco do Etna

Um cão raro de se encontrar. Veja aqui tudo sobre a raça Cirneco do Etna: características, pelagem, fotos, ficha técnica, etc.

O cão Cirneco do Etna, é uma raça praticamente quase desconhecida fora da Itália, já que permaneceu isolada na Sicília por mais de 2 mil anos. A raça foi reconhecida apenas a partir de 1939.

Este cão possui bastante características de raças antigas, como por exemplo, a dificuldade de se adaptar ao mundo urbano, pois necessitam muito de atividades físicas constantes e ainda são difíceis de se adestrar. Apesar disto são bastante fiéis e podem pesar até 12 quilos, contam como peculiaridades as orelhas muito grandes, largas e eretas, além de um longo pescoço e uma cabeça estreita.

Cirneco do Etna

De diversos estudos realizados nas raças mediterrâneas é possível se deduzir que a origem do Cirneco está nos antigos Iegéis, bem como acontece com o cão dos faraós, atualmente existe apenas esta raça de cães na Sicília, onde é uma região que se adaptou muito bem devido a diversas descobertas arqueológicas. Em determinadas épocas o cão era adorado, tanto que existiam moedas antigas e pedras esculpidas com a imagem do cão.

O Cirneco do Etna atualmente é o único exemplar de cão empregado para caçar nas ladeiras do Etna, onde as rochas vulcânicas tornam difícil não apenas o passeio na região mas também uma simples caminhada, porém ele é adaptado a isto. São excelentes caçadores, principalmente para caça de coelhos selvagens e lebres, além de caçar presas com duas pernas como por exemplo faisões, galinholas, codornizes, entre outros animais. Costumam trabalhar lentamente como  nariz na terra, sempre procurando seguir os rastros com toda a atenção e paciência.

História do Cirneco do Etna

Cirneco do EtnaEste é um cão muito primitivo, onde a história até hoje preserva as provas que são mais evidentes de sua existência na antiguidade.

Existem relatos de que ele tenha sido levado há mais de 3 mil anos pelos comerciantes fenícios para as regiões da Itália, onde negociavam com Galgos e outros cães que eram originários da África e também da Ásia. Alguns linguistas inclusive defendem que seu nome Cirneco deriva de Kyrenaikos” que significa “cão de Cirene”, região da atual Líbia na África.

Do contrário de muitas raças que foram desenvolvidas através de misturas, manipulações em laboratórios ou mesmo criações de raças, o Cirneco do Etna não foi sujeito a esta manipulação, sendo assim um dos únicos cães que se desenvolveu de forma natural na maior ilha do Mediterrâneo, a Siciília.

Alguns animais tem notável resistência do calor, já que vivia para a caça em regiões vulcânicas, contando com uma determinação sem fim para trabalhar por longas horas a fio sem comer. Outra particularidade interessante é que terrenos pedregosos e acidentados que são bastante abundantes em rochas vulcânicas, não dificultavam de forma alguma as marchas para estes caçadores.

Muitas pessoas poderão encontrar algumas semelhanças com algumas outras raças, como o Pharaoh Hound, ou Cão dos Faraós e o Podenco Ibicenco apesar de ter um tamanho menor. Associa-se que a raça existente atualmente vem de uma configuração e resulta de uma adaptação de cães que foram deixados na região por Fenícios estes que vieram com os Fenícios que se confrontaram na Itália com um espaço menos amplo e também pouca comida.

Características

Cirneco do EtnaÉ um cão de tipo primitivo, possui uma forma elegante e delgada, de tamanho médio e não atarracado, robusto e muito resistente.

Possui uma formação corpórea praticamente longilínea e de construção bastante clara, sua pele é fina.

 Sua pigmentação varia de acordo com as manchas de sua pelagem. Suas mucosas e a pele da trufa são pigmentadas com cores que são descritas para a trufa e não devem se apresentar com manchas pretas e nem mesmo ser despigmentadas.

Costuma ser um cão de caça, muito adaptado para terrenos ásperos e principalmente para caça de coelhos selvagens, é dotado de um grande temperamento porém é extremamente doce e afetuoso com seu dono, costuma mesmo sem ser treinado obedecer comandos.

Como proporções e seu corpo podemos contar com o comprimento do tronco igual a altura da cernelha, e a profundidade de seu peito é ligeiramente menor do que a altura do solo ao cotovelo. Uma observação importante é que o comprimento do focinho não deverá atingir a metade do comprimento de sua cabeça, e a preferência sempre é dada por exemplares onde o comprimento do focinho seja o mesmo do crânio, com um formato mais assimétrico.

Pelagem

Cirneco do EtnaA sua pele é bastante fina e aderente sobre todas as partes do corpo, porém muito resistentes a altas temperaturas. A cor de sua pelagem por sua vez varia bastante de acordo com a cor do cão. Suas mucosas e também a pele da trufa costumam ser pigmentados com cores descritas para a da trufa e nunca deverão ser representadas por manchas pretas nem mesmo serem despigmentados em alguns casos.

Seus pelos se apresentam curtos na cabeça, nas orelhas e também nos membros, são semilongos, atingindo mais ou menos 3 centímetros, bastante liso e assentado sobre o corpo e a cauda. Conta com pelos retos e rígidos com uma estrutura bastante semelhante a pelos de cavalos.

Pode ser encontrado em tons fulvo unicolor, ás vezes intenso ou diluído como isabela, areia, entre outros.

Ou também fulvo com branco mais ou menos extenso, ou seja com uma listra branca na cabeça, marca branca no peito, branco nas patas, ventre branco, colar branco. Branco unicolor ou mesmo branco com manchas de cor alaranjada que também são bastante toleráveis. Oficialmente podem ser encontrados com pelo fulvo mesclado com pelos ligeiramente claros ou mais escuros.

Temperamento

Cirneco do EtnaÉ um cão de caça bastante adaptado a terrenos difíceis, indicado principalmente para pastores e caçadores de coelhos selvagens, conta com um temperamento bastante forte, porém, como já citado anteriormente passa muitas vezes a apresentar para seu dono características bastante gentis e afetuosas.

Contam com sérias dificuldades para se adaptar para o mundo urbano, e precisam de constantes atividades, são bastante difíceis de adestrar pois são teimosos, por isso é preciso ter muita paciência, apesar disto são vistos como animais bastante fiéis. Este é um cão que costuma desempenhar bem o papel de cão de guarda e também de companhia, porém precisa contar com um dono que tenha experiência e seja capaz de o educar de forma contínua e consistente. Quando o assunto é a caça, ele costuma ser um cão bastante silencioso, paciente, ágil e resistente.

Saúde

O Cirneco de Etna, que é chamado pelos sicilianos de Cirneco Dell’Etna é considerado como um cão bastante saudável, que não possui uma propensão a doenças genéticas, como a maioria das raças puras. O seu pelo deverá ser escovado ocasionalmente porém a frequência de exercícios físicos deve ser realizada diariamente, pois é um animal muito ativo, pode ser um tanto nervoso caso não realize passeios diários como também poderá apresentar problemas de depressão e fácil irritabilidade.

Ficha Técnica do Cirneco do Etna

Ficha Técnica do Cirneco do Etna
Nome Original Cirneco do Etna
País de Origem Itália
Porte Médio
Utilização Caça
Cuidados Especiais Precisam de constantes atividades, são bastante difíceis de adestrar pois são teimosos.
Características Físicas Orelhas: grandes, largas e eretas. Cabeça: estreira. Olhos: aparência preferencialmente pequena, cor ocre Corpo: longilíneo.
Altura média Macho - 46 a 52 cm • Fêmea - 42 a 50 cm
Peso médio Macho - 10 a 12 kg • Fêmea - 8 a 10 kg
Expectativa de Vida 12 anos
Cor da Pelagem Fulvo unicolor mais ou menos intenso ou diluído, como isabela, areia, etc
Tipo da Pelagem Fina, resistente a alta temperatura.
Temperamento Lealdade, confiança, inteligência e resistência.

Postado em - Atualizado .


Pela Web

Comentários